TRT-MG qualifica agentes de segurança

publicado 02/07/2012 12:31, modificado 02/07/2012 15:31

O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região ofereceu, durante o mês de junho, o curso de qualificação em gestão de segurança aos seus 50 agentes de segurança, que foram divididos em duas turmas e tiveram aulas sobre a legislação relativa à segurança privada, ética no exercício profissional, montagem e desmontagem de armamentos, liderança, relações humanas, administração da atividade de segurança, entre outras.

O curso é uma exigência legal para que os agentes de segurança continuem recebendo a Gratificação por Atividade de Segurança - GAS, e foi ministrado pela Escola Brasil de Segurança, empresa vencedora da licitação promovida pelo Tribunal.

O coronel Paulo Márcio Diniz, assessor de apoio externo e institucional do TRT3 e gestor do contrato, considera que o curso foi de extrema importância para o Tribunal. "Com o curso, os agentes vão poder desempenhar melhor suas funções", afirma o coronel. Para ele, "como os agentes supervisionam vários outros servidores, como ascensoristas, porteiros, recepcionistas e vigilantes armados, além de estarem em constante contato com o público externo, é muito importante que tenham noções de gestão operacional dessa atividade, além de conhecerem a legislação que diz respeito à atividade que desempenham e de estarem aptos a lidar com as armas que por ventura lhes sejam entregues nas portarias dos prédios por pessoas que não podem etrar armadas nas unidades do TRT. Tudo isso minimiza riscos, proporcionando um ambiente de trabalho mais seguro para magistrados, servidores e visitantes".

Visualizações: