TRT-MG sedia encontro da região sudeste pela valorização do magistrado

publicado 23/07/2012 05:00, modificado 23/07/2012 08:00
TRT-MG sedia encontro da região sudeste pela valorização do magistrado (imagem 1)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promove no próximo dia 10 de agosto, em Belo Horizonte, no plenário do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, o Encontro Regional Sudeste do Programa Valorização. Juiz Valorizado, justiça completa! . Participam do evento presidentes de tribunais de todos os estados da Região Sudeste e de todos os segmentos do Poder Judiciário, bem como os respectivos corregedores, diretores das Escolas Judiciais, diretores de Comunicação dos tribunais e os presidentes das Associações de Magistrados.

Lançado em Florianópolis, no mês de junho, o Programa constará, ainda, - além do encontro de Belo Horizonte - de mais três encontros regionais (Goiânia, Recife e Manaus), e a realização, em outubro, em Brasília, de um seminário para consolidação das principais propostas, sugestões e ideias colhidas nos encontros anteriores e que podem ser usadas pelo CNJ ou por outros órgãos do Poder Judiciário como encaminhamentos e diretrizes para definição de suas políticas para os temas abordados.

Objetivos

O Programa Valorização. Juiz Valorizado, justiça completa! tem como objetivos definidos pelo CNJ estimular os tribunais, corregedorias, escolas judiciais, diretorias de comunicação e associações de magistrados a debater e ofertar sugestões de medidas ou projetos que impliquem a valorização da magistratura, que possam contribuir na definição de encaminhamentos e diretrizes de políticas próprias do CNJ, dos tribunais e das escolas judiciais. Um segundo objetivo, concorrente, é estimular os juízes, valorizando-os em razão de sua condição de agentes de poder, contribuindo para o melhora da autoestima, elemento essencial no moderno gerenciamento de pessoas no âmbito das mais diversas instituições. Objetiva, ainda, melhorar a imagem do Poder Judiciário perante a sociedade, por meio de mecanismo de comunicação que propicie uma melhor compreensão da coletividade quanto ao valor e à importância da atuação dos magistrados.

Em linhas gerais, o Programa pretende promover o engajamento dos diversos segmentos da Magistratura Brasileira no programa "VALORIZAÇÃO"; obter, mediante o diálogo e o debate participativo, subsídios contributivos para o desenvolvimento do programa e para a atuação do CNJ e demais órgãos do Judiciário com vistas à valorização da Magistratura Brasileira; contribuir para a formulação e o aprimoramento das práticas dos Magistrados e dos órgãos de direção e de formação dos tribunais relativos à valorização do trabalho judicial e da figura pública dos Magistrados e, por fim, contribuir para o aprimoramento do diálogo entre o Poder Judiciário e os diversos setores da sociedade com vistas ao reconhecimento do valor da Magistratura Brasileira.

Temas de trabalho

Os quatro temas de trabalho do Programa foram escolhidos em razão da observação e colheita preliminar de dados e opiniões dos próprios magistrados, especialmente no âmbito do 1º Grau de jurisdição. São áreas de problemas que o Planejamento Estratégico do Poder Judiciário também já localizou e que exigem respostas eficazes de solução dos desafios que o Poder Judiciário enfrenta em cada uma dessas quadras. São eles: 1. Mecanismos de suporte e apoio ao trabalho judicial. Produtividade e qualidade da Jurisdição: Métodos de avaliação e reconhecimento institucional do trabalho judicial; 2. Formação ética e teórico-prática dos Magistrados e os fins da Justiça. Papel das Escolas da Magistratura; 3. A visão do Judiciário e a figura pública do Magistrado pela sociedade: A participação do magistrado em ações sociais e 4. Comunicação dos Tribunais e Magistrados com a sociedade.

Confira aqui como será a programação do Encontro Regional Sudeste.

Visualizações: