Acervo do Centro de Memória é fonte histórica para projeto de mestrado aprovado em 1º lugar

publicado 09/12/2013 13:11, modificado 09/12/2013 15:11
Acervo do Centro de Memória é fonte histórica para projeto de mestrado aprovado em 1º lugar (imagem 1)

O projeto de pesquisa aprovado em 1º lugar no processo seletivo de mestrado em História Social de 2014, da Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes -, da candidata Jôse Augusta Barbosa dos Santos, indica como principal fonte histórica de consulta o acervo do Centro de Memória do Tribunal Regional do Trabalho (MG), viabilizada pelo Projeto de Análise, Catalogação e Disponibilização de Processos Trabalhistas das Juntas de Conciliação e Julgamento de Belo Horizonte entre 1941-1974.

Nos conflitos registrados em milhares de processos integralmente preservados, a pesquisadora encontrou as potenciais informações que precisava "para compreender as relações sociais dos trabalhadores do setor fabril e as suas experiências cotidianas nos locais de trabalho", objetivo central de seu projeto, intitulado "MUNDOS DO TRABALHO E A CLASSE TRABALHADORA: lutas, resistências e conquistas dos trabalhadores presentes nos processos da Justiça do Trabalho do Estado de Minas Gerais (1941-1946)", que recebeu nota 94,10 da banca examinadora, presidida pela professora Regina Célia Lima Caleiro.

Jôse Augusta Barbosa dos Santos enalteceu a política do TRT-MG de resgate, preservação e disponibilização ao público dos processos judiciais, considerados por ela de grande importância por sua riqueza inesgotável, não só para o Direito, mas também para outras áreas das Ciências Humanas: "...a Justiça do Trabalho e a legislação trabalhista no Brasil vêm sendo, nos últimos tempos, abordadas por diversos pesquisadores da área de humanas, assumindo, assim, variadas interpretações quanto aos seus significados e às múltiplas experiências sociais retratadas nos processos trabalhistas, fio condutor de minha pesquisa," atestou ela.

Acervo do Centro de Memória é fonte histórica para projeto de mestrado aprovado em 1º lugar (imagem 2)
Instalado no prédio da Rua Curitiba, 835, o Centro de Documentação da JT-MG disponibiliza acesso a processos trabalhistas de diferentes períodos históricos da Justiça do Trabalho mineira (foto: Márcia Barroso)

A coordenadora do Centro de Memória, Ana Maria da Matta Machado, informa que o acesso ao acervo do tribunal pode ser solicitado pelo e-mail memória@trt3.jus.br , devendo o interessado informar o objeto de sua pesquisa para que uma reunião seja agendada para discussão do projeto. (Walter Salles)

Visualizações: