Alterações na estrutura administrativa marcam início da nova gestão

publicado 27/01/2014 06:22, modificado 27/01/2014 08:22
Alterações na estrutura administrativa marcam início da nova gestão (imagem 1)
Diretor-Geral comenta mudanças no TRT

A nova presidente do TRT, desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria, inaugurou a sua gestão com a implementação de algumas modificações na estrutura administrativa do tribunal, aprovadas na sessão plenária realizada em 17/12/2012. Assim, a Diretoria da Secretaria de Coordenação Administrativa -DSCA - cindiu-se na Diretoria da Secretaria de Administração e na Diretoria da Secretaria de Gestão de Pessoas. Até então, a DSCA acumulava as atividades de gestão de pessoas e de gestão de recursos materiais.

No mesmo sentido, a Diretoria da Secretaria de Material e Patrimônio originou duas novas diretorias: Diretoria da Secretaria de Licitações e Contratos e Diretoria da Secretaria de Material e Logística.

O diretor-geral do TRT, Ricardo Oliveira Marques, explica que a redistribuição de atribuições possibilitará aos gestores das duas novas Diretorias concentrar-se nas áreas que lhes são afetas.

Ricardo Marques observou que a reestruturação decorre de um evidente aumento da demanda da área administrativa desde quando aquelas unidades foram concebidas: "O tribunal hoje é outro e a exigência também", diz ele.

Outra inovação consiste na transformação da antiga Diretoria da Secretaria de Arquivo-Geral em Subsecretaria, vinculada à Diretoria da Secretaria de Documentação, Legislação e Jurisprudência. A Subsecretaria de Arquivo-Geral permanece com as atribuições da antiga Diretoria, ou seja, recolhimento, guarda, conservação e disponibilização de todos os documentos e processos produzidos ou recebidos pelo tribunal no exercício de suas funções jurisdicionais e administrativas.

Mudanças de endereço

O gabinete da Diretoria-Geral e os diversos setores que integram Diretoria de Recursos foram transferidos para o anexo da Av. do Contorno 4.631. Com a mudança, a Direção-Geral passa agora a se reunir num único endereço, o que traz mais agilidade ao fluxo de processos, segundo Ricardo Marques. O diretor-geral também afirmou que a mudança de endereço da Diretoria de Recursos passa a assegurar à unidade condições de trabalho muito superiores às da antiga sede, na rua Goitacases.

Visualizações: