Campanha Estadual de Enfrentamento ao Trabalho Escravo ou Degradante terá cronograma de ações

publicado 25/08/2014 13:19, modificado 25/08/2014 16:19

O cronograma e o planejamento dos passos seguintes da Campanha Estadual de Enfrentamento ao Trabalho Escravo ou Degradante, lançada semana passada no TRT de Minas, será definido na primeira quinzena de setembro, segundo o desembargador Emerson José Alves Lage, coordenador do movimento. De acordo com ele, a data será definida depois do ajuste das agendas das várias instituições envolvidas.

O magistrado adianta, no entanto, que haverá interiorização da campanha e ampliação das instituições participantes, com aproximação (sem sobreposição) e reforço das ações de combate ao trabalho escravo ou degradante já em curso.

Em breve, o tribunal disponibilizará em seu site uma área que abrigará todas as informações relacionadas à campanha.

Visualizações: