Campanha para combater trabalho escravo é tema de entrevista no Bom Dia Minas

publicado 21/08/2014 10:41, modificado 21/08/2014 13:41
Campanha para combater trabalho escravo é tema de entrevista no Bom Dia Minas (imagem 1)

Como parte da divulgação da campanha estadual de Enfrentamento ao Trabalho Escravo e Degradante, o desembargador do TRT-MG Emerson Alves Lage, coordenador da campanha em Minas Gerais, participou na manhã desta quinta-feira do programa da Rede Globo, Bom Dia Minas.

Em entrevista, concedida ao jornalista Fernando Moreira, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, o entrevistado apresentou os últimos números do resgate de trabalhadores encontrados em condições análogas às de escravidão no país e a importância da iniciativa que pretende conscientizar sobre a prática, prevenir e combatê-la. Por trabalho escravo entende-se "todo aquele trabalho com privação de liberdade, com servidão de dívida, jornada exaustiva, trabalho extenuante ou degradante é caracterizado como trabalho análogo à condição de escravidão".

Segundo ele, o maior número de incidências no meio urbano ocorre na construção civil e no setor de confecções, preocupando os órgãos de fiscalização. O desembargador explicou ainda que o Código Penal Brasileiro prevê reclusão de dois a oito anos para o tipo de crime. Outra punição, prevista em uma emenda, é a perda de terra e bens.

Na noite de ontem, o desembargador participou com o mesmo objetivo do programa da Rede Minas de Televisão, Jornal de Minas.

Visualizações: