Comissão de segurança Institucional discute adequações da Resolução 104 do CNJ

publicado 31/01/2013 16:27, modificado 31/01/2013 18:27

A Comissão de Segurança Institucional do TRT da 3ª Região, presidida pela juíza Olívia Figueiredo Pinto, esteve reunida nesta quinta-feira para discutir as adequações da Resolução 104/2010 do CNJ, que dispõe sobre medidas administrativas de segurança no Poder Judiciário. Entre as ações discutidas para o controle do acesso de pessoas e veículos à instituição está prevista para até o final do mês de fevereiro, a instalação em todas as unidades da Justiça do Trabalho do estado, de portais detectores de metal, com o objetivo de garantir, além da segurança de magistrados, servidores, advogados e usuários, também a segurança do patrimônio e do acervo da instituição. (Divina Dias)

Visualizações: