Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas: 2013 a 2014 / Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do TST divulga resultados da 4ª Semana Nacional da Execução Trabalhista

Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do TST divulga resultados da 4ª Semana Nacional da Execução Trabalhista

publicado 06/10/2014 14:38, modificado 06/10/2014 17:38

A Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do Tribunal Superior do Trabalho (TST) divulgou os resultados finais da 4ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, que ocorreu no período de 22 a 26 de setembro de 2014. As Regiões Judiciárias que obtiveram as maiores arrecadações foram: 15ª Região, com 17% do total arrecadado no País, 1ª Região, com 15%, 3ª Região, com 10%, 2ª Região, com 9%, e 11ª Região, com 8%. Minas Gerais ficou em 3º lugar no total de valores arrecadados, com um total de R$ 65.638.946,25, sendo 5.013.824,42 a título de INSS e Imposto de Renda.

Foram realizadas durante a semana 29.416 audiências e atendidas 83.350 pessoas. O total do valor arrecadado foi de R$ 654.410.651,24, valor 1,2% superior ao do ano passado, sendo R$ 400.831.775,84, 61,3%, decorrentes de 13.163 acordos homologados, R$ 52.098.280,07, 8,0%, de 1.241 leilões realizados e R$ 201.480.595,33, 30,8%, de 23.242 bloqueios efetivados no BacenJud.

Semana da Execução em Minas

No estado, foram realizadas 3.972, audiências, realizados 1.595 acordos, 19.916 pessoas foram atendidas, e 1.868 bloqueios efetivados, sendo que o montante arrecadado em acordos homologados em 1º e 2º Graus, foi de 52.265.424,63 milhões.

Em termos de acordos efetuados, o TRT da 3ª Região ficou em segundo lugar, com 13%, sendo que os valores arrecadados somaram R$ 52.265.424,63. Após cerca de 100 leilões realizados, Minas ficou no sexto lugar em termos de valores arrecadados com o total de R$ 4.955.324,00 reais. Em bloqueios de BacenJud, Minas ficou em 8º lugar, com o bloqueio de R$ 8.418.197,62 de reais. (Solange Kierulff, com dados da TST)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /