Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias é cidadã honorária de Alfenas

publicado 29/10/2013 20:18, modificado 29/10/2013 22:18

Em sessão solene realizada na Câmara Municipal de Alfenas, a desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, presidente do TRT da 3ª Região, recebeu na noite desta terça-feira, o título de Cidadã Honorária do município, concedido pelo Decreto Lei 11/2013, de autoria do vereador Elder José Martins.

Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias é cidadã honorária de Alfenas (imagem 1)
Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias e o vereador Elder José Martins

A solenidade, prestigiada pelos vereadores alfenenses, pelo prefeito municipal Maurílio Peloso, pelo deputado estadual Pompílio Canavez, pela professora Maria do Rosário Araújo Velano, reitora da Unifenas, pelos juízes do trabalho Frederico Leopoldo Pereira e Cláudio Roberto Carneiro de Castro, pelo secretário-geral, Eliel Negromonte Filho, pelo diretor de informática, Gilberto Picardi Faria e pelo assessor-chefe da Presidência, Sérgio Murilo dos Santos, todos do TRT, e, ainda, pelos servidores da VT de Alfenas e pelos familiares da homenageada, foi conduzida pelo vice-presidente da Câmara Municipal, Vagner Tarcísio de Morais.

Ao justificar a distinção, o vereador Elder José Martins, lembrou a trajetória da homenageada que natural de Areado, cidade vizinha de Alfenas, é motivo de orgulho para a região pelos serviços prestados ao Poder Judiciário, carreira que culminou com a Presidência do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais.

Já em seu emocionado pronunciamento, agradecida pelo recebimento da homenagem, a desembargadora Deoclecia Amorelli Dias lembrou que o título de cidadão honorário equipara a pessoa homenageada a uma adoção oficial. "O agraciado, pelo que fez em prol do povo do município, passa a ser um conterrâneo. É um reconhecimento, pois, que vai além da minha condição pessoal, mas relaciona-se à profissional de direito, a magistrada, então administrador público na condição de presidente de um órgão do poder judiciário, como sinal de aprovação no empenho em promover ação correspondente aos anseios do município quando se fala em Poder Judiciário".

Concluindo, disse não se sentir no direito de se envaidecer pelas conquistas, porquanto presidente de um Tribunal, na condição, pois, de Administrador Público, ter a obrigação de responder à demanda da sociedade no que busca o Poder Judiciário, "mas me sinto honrada e dignificada por se tratar de uma deferência vinda de uma comunidade pela qual tenho grande apreço". (De Alfenas, Divina Dias)

Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias é cidadã honorária de Alfenas (imagem 2)
Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias com o pai, Geraldo Amorelli e Silva, e seus familiares (fotos Madson Morais)

Visualizações: