Juíza Cristina Caixeta vai representar o Poder Judiciário na Câmara Setorial sobre Arquivos

publicado 30/01/2013 15:49, modificado 30/01/2013 17:49
Juíza Cristina Caixeta vai representar o Poder Judiciário na Câmara Setorial sobre Arquivos (imagem 1)

A juíza Maria Cristina Diniz Caixeta, titular da 7ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, foi convidada para presidir a Câmara Setorial sobre Arquivos do Judiciário- CSAJ, representando o Poder Judiciário brasileiro.

O convite, feito pelo presidente do Conselho Nacional de Arquivos, Jaime Antunes da Silva, é segundo ele, pelo importante trabalho que ela vem desenvolvendo à frente do Fórum Nacional de Preservação da Memória da Justiça do Trabalho e também por sua ativa participação, desde 2011, como conselheira do Conarq, por designação do presidente do Supremo Tribunal Federal.

Vale lembrar que a magistrada integra, ainda, o Comitê de Resgate da Memória da Justiça do Trabalho, por nomeação do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, e é responsável pelo setor de memória do Centro de Memória do TRT da 3ª Região, vinculado à Escola Judicial do tribunal.

A CSAJ, é uma das câmaras setoriais do Conarq, que tem por finalidade identificar e discutir questões e demandas dos arquivos do Poder Judiciário; propor diretrizes no que se refere à gestão, preservação e acesso aos documentos; prestar informações técnicas; promover o intercâmbio e a integração entre os arquivos do judiciário; estimular a capacitação técnica dos recursos humanos; promover encontros, seminários e congressos na área específica de sua competência; recomendar providências para a apuração e reparação de atos lesivos ao patrimônio cultural do judiciário e desenvolver atividades censitárias referentes aos arquivos do judiciário. (Foto:Leonardo Andrade)

Visualizações: