Juíza de BH em parceria com desembargadora de Campinas lança livro sobre conciliação

publicado 11/11/2014 05:00, modificado 11/11/2014 07:00

Juíza de BH em parceria com desembargadora de Campinas lança livro sobre conciliação (imagem 1)

A juíza Adriana Campos de Souza Freire Pimenta, titular da 34ª VT de Belo Horizonte, atualmente atuando como auxiliar da Presidência do TST, e a desembargadora Ana Paula Lockmann do TRT da 15ª Região, também em Brasília onde atua como Coordenadora Nacional do Sistema do PJe-JT, lançam no próximo dia 13 de novembro, às 17h30, no TRT de Campinas/SP (Rua Barão de Jaguara, 901), o livro "Conciliação Judicial Individual e Coletiva e Formas Extrajudiciais de Solução dos Conflitos Trabalhistas".

Na obra, dedicada ao presidente do TST, ministro Antonio José de Barros Levenhagen, as autoras além de estudar a conciliação processual individual e coletiva e temas que lhe são afins, tais como formação de magistrados, papel dos sindicatos, acordos em ações coletivas, função do Ministério Público e dos advogados, também abordam institutos como a arbitragem e a mediação, relacionando, em todos os casos, doutrina e prática. Questão considerada extremamente atual e importante, diante do crescente número de lides e da necessidade de uma prestação jurisdicional célere e efetiva, valendo ressaltar que a conciliação sempre foi um marco diferenciador do Processo do Trabalho, posteriormente difundido para os outros ramos do Direito Processual, assumindo um caráter de política judiciária perante o Conselho Nacional de Justiça - CNJ.

O texto traz ainda diversas versões e opiniões sobre a conciliação processual, individual e coletiva, incluindo o papel dos sindicatos, acordos em ações coletivas, função do Ministério Público e dos advogados. Também aborda institutos como a arbitragem e a mediação, relacionando, em todos os casos, doutrina e prática.

Visualizações: