Laboratório de Atividades Judiciais do TRT recebe estudantes de Direito da PUC Minas

publicado 04/09/2013 12:02, modificado 04/09/2013 15:02

Sob a supervisão do desembargador Paulo Sifuentes, 40 alunos do 6º período do Curso de Direito da Universidade Católica de Minas Gerais - PUC/MG participaram, nesta quarta-feira, 4 de setembro, do Laboratório de Atividades Judiciais da JT-MG, no 11º andar do prédio da rua Curitiba, centro de Belo Horizonte.

Laboratório de Atividades Judiciais do TRT recebe estudantes de Direito da PUC Minas (imagem 1)

De acordo com o desembargador e professor de Direito da PUC Minas, Paulo Sifuentes, os estudantes assistiram ao vídeo sobre gestão documental e tiveram a oportunidade de conhecer de perto o conteúdo do acervo histórico preservado pela Justiça do Trabalho. "É muito importante para os alunos esta integração entre a teoria e a prática. Aqui eles podem ver materializada a prática jurisdicional como incentivo para futura inserção no mercado de trabalho, porque eles têm a oportunidade de manusear processos a partir da década de 40, com toda a complexidade jurídica e significado histórico, e podem examinar todas as fases e procedimentos típicos de um processo trabalhista".

A historiadora do Centro de Memória do TRT da 3ª Região, Maria Aparecida Carvalhais Cunha, explicou aos estudantes como funciona o Programa de Gestão e Preservação Documental. "Este projeto é coordenado pela Escola Judicial do TRT-MG, por meio do Centro de Memória, e é muito importante para o estudante aprofundar o conhecimento teórico, através do estudo de processos trabalhistas reais".

O estudante Fernando Luiz Portugal considera uma oportunidade enriquecedora. "Estamos na era digital e daqui a pouco não teremos mais como manusear autos físicos, então, do ponto de vista acadêmico, é muito interessante visualizar os processos na prática com a base do conhecimento teórico". (Texto e fotos: Márcia Barroso)

Visualizações: