Magistrados brasileiros participam de congresso na Argentina

publicado 03/12/2013 07:50, modificado 03/12/2013 09:50

Foi realizado, entre os dias 26 e 28 de novembro, o VII Congreso Iberoamericano sobre Cooperación Judicial, promovido pela Rede Latino-americana de Juízes - Redlaj - na sede da tradicionalíssima Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires. O Congresso teve apoio de uma gama de entidades dos Poderes Judiciários da América Latina, dentre os quais se destacam a Suprema Corte da Argentina, a Suprema Corte do Peru, o Conselho Nacional de Justiça - CNJ -, do Brasil, o Conselho da Magistratura da Nação Argentina, a Escola Judicial Edésio Fernandes do TJMG e a Escola Judicial do TRT de Minas.

Magistrados brasileiros participam de congresso na Argentina (imagem 1)
A vice-presidente da Suprema Corte da Argentina, ministra Elena Highton de Nolasco, na abertura do evento

O evento contou com a participação de cerca de 250 juízes de 15 países diferentes e 11 painéis, duas conferências magnas, 50 conferencistas, 20 comunicações orais selecionadas de 19 países, além das participações de magistrados brasileiros: o desembargador José Eduardo de Resende Chaves Júnior, vice-presidente da Redlaj, que participou do Painel Derechos, Sistemas y Sociedad, e o juiz Antônio Gomes de Vasconcelos, titular da 12ª VT de BH, que participou do Painel Gobierno y Administración del Poder Judicial - Modelos Comparados - Críticas y Reforma, ambos do TRT da 3ª Região. Participaram, ainda, a juíza Adriana Goulart de Sena Orsini, titular da 35ª VT de BH, e o desembargador Rogério Medeiros Garcia de Lima, expositores de comunicação oral selecionada, e os conferencistas Guilherme Calmon Nogueira da Gama e Saulo José Casali Bahia, Conselheiros do CNJ.

Na solenidade de abertura discursaram, além da ministra da Suprema Corte do Peru, Elvia Barrios, a vice-presidente da Suprema Corte da Argentina, ministra Elena Highton de Nolasco, o presidente do Conselho da Magistratura da Nação Argentina, Mário Fera, o diretor do Programa de Doutorado da Universidade de Buenos Aires, Ricardo Rabinovich-Berkman e o desembargador José Eduardo de Resende Chaves Júnior.

Participaram também do congresso os desembargadores Paulo Sifuentes e Eduardo Augusto Lobato, este aposentado, e os juízes Antônio Gomes de Vasconcelos e Marco Túlio Machado Santos, titulares da 12ª VT da capital e 2ª VT de Uberlândia, respectivamente.

Durante a abertura do congresso, o desembargador aposentado Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello recebeu das mãos da Ministra da Suprema Corte do Peru e vice-presidente para Lucha Contra la Corrupción da Redlaj, Elvia Barrios, a Medalha do "Mérito da Cooperação Judiciária Latino-americana, Magistrado Roberto Jorge Feitosa de Carvalho".

Magistrados brasileiros participam de congresso na Argentina (imagem 2)
Desembargador Caio Vieira de Mello durante a homenagem

Visualizações: