Ônibus voltam a circular amanhã

publicado 25/02/2014 20:07, modificado 25/02/2014 23:07

Em reunião de conciliação realizada nesta terça-feira, dia 25, na sede do TRT-MG, os sindicatos e federação representantes dos rodoviários acataram a proposta de suspensão imediata da greve da categoria, formulada pela juíza instrutora do feito, Wilmeia da Costa Benevides. Enquanto a greve fica suspensa, as entidades de representação dos trabalhadores e das empresas vão submeter às respectivas categorias a proposta oficial de conciliação feita pela magistrada depois de ouvir, em cinco oportunidades, durante mais de quatro horas, as ponderações das partes envolvidas.

Ônibus voltam a circular amanhã (imagem 1)
Foto Leonardo Andrade

A proposta a ser passada pelo crivo das assembleias contempla reajuste linear de 7,26% para motoristas, cobradores e demais empregados; jornada de 6 horas e 20 minutos para motoristas e cobradores, com uma hora de intervalo fracionada ao longo de seu curso, de tal forma que o empregado ficaria 7 horas e 20 minutos à disposição do empregador, sendo 6 horas e 20 minutos de efetivo trabalho e 1 hora de intervalo; retirada da cláusula convencional, hoje existente, que exclui do empregado que sofre punição disciplinar o direito ao recebimento do PLR (Participação nos Lucros e Resultados), e equipara o salário do agente de estação ao do cobrador, ficando estabelecido que a jornada do agente será administrativa, de 7 horas e 20 minutos. A proposta judicial também confere ao motorista de ônibus articulado, com carteira e, um adicional de 15% sobre o salário/base a incidir sobre as horas que efetivamente operarem nesta condição, e veda desconto dos dias parados, bem como punição pela participação na greve. Por último, com a concordância das partes, ficou, desde já, estabelecido que o consenso entre elas implicará no reconhecimento da legalidade do movimento.

A magistrada estabeleceu o prazo até as 10h do dia 7 de março, sexta-feira, para as partes darem a resposta, mediante peticionamento pelo sistema PJe-JT, sobre a aceitação ou não da proposta por ela apresentada. (Walter Salles)

Visualizações: