Semana da Execução Trabalhista beneficia 49 mil pessoas

publicado 10/09/2013 15:58, modificado 10/09/2013 18:58

A Semana Nacional da Execução Trabalhista chegou ao final com a plena participação de todos os 24 Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e a resolução de várias dívidas trabalhistas. O evento atendeu 49.165 pessoas em todo o país. De acordo com os dados consolidados deste ano, foram realizados 937 leilões e 23.824 audiências, que resultaram em 10.381 acordos.

O evento, que se realizou entre os dias 26 e 30 de agosto, contou com o apoio do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). Cada TRT organizou sua própria forma de resolver as execuções trabalhistas sob sua alçada. O presidente do TST e do CSJT, ministro Carlos Alberto Reis de Paula, comemorou os resultados e disse acreditar que a conciliação ainda é "o melhor caminho" para resolver causas trabalhistas.

Ao longo da Semana, vários resultados parciais foram divulgados sobre o evento. Até a divulgação do resultado final, no entanto, foi preciso esperar que vários acordos fossem fechados e algumas pendências fossem resolvidas entre os participantes.

Durante toda a Semana, registrou-se o pagamento de R$ 647 milhões em dívidas trabalhistas, sendo R$ 266 milhões provenientes de acordos, R$ 138 milhões advindos de leilões e R$ 241 milhões pagos por meio de bloqueios do BacenJud. O objetivo da Semana é promover ações coordenadas que confiram maior efetividade à fase de execução. (Fonte: Ascom / CSJT)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br