TRT e Feneis comemoram parceria no Dia Nacional dos Surdos

publicado 26/09/2013 12:14, modificado 26/09/2013 15:14

A parceria de sete anos entre o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região e a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos - Feneis foi comemorada nesta quinta, 26, no auditório do Fórum da Rua Mato Grosso, 468, 15º andar, Barro Preto, em solenidade realizada para marcar o Dia Nacional dos Surdos.

Na abertura do evento, a coordenadora intérprete da Feneis, Mislaine de Almeida Santos, apresentou um vídeo com trabalhadores surdos que atuam nas varas do trabalho do interior. Os funcionários mostraram seus locais de trabalho, as funções por eles desempenhadas e agradeceram a oportunidade propiciada pelo TRT bem como a receptividade dos colegas. A coordenadora destacou a oportunidade de trabalhar com a comunidade de surdos. "Esta data é um marco na história de luta da comunidade dos surdos e a parceria com o TRT vem dando certo graças a dedicação de cada um de vocês, da administração do tribunal, dos servidores e dos juizes".

TRT e Feneis comemoram parceria no Dia Nacional dos Surdos (imagem 1)
Fotos Madson Morais

Representando a presidente do TRT-MG, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, a juíza auxiliar da presidência, Olívia Figueiredo Pinto Coelho destacou o êxito da parceria entre as duas instituições. "O primeiro convênio firmado entre o TRT e a Feneis remonta ao ano de 2006 e estes sete anos revelam que a parceria estabelecida, sem dúvida alguma, alcançou um inegável êxito. Tanto assim que o primeiro convênio beneficiou apenas 40 surdos e atualmente o TRT conta com 79 trabalhadores em Belo Horizonte, 27 na região metropolitana e mais 104 no interior", informou a juíza.

Olívia Figueiredo disse ainda que "o TRT de Minas se sente envaidecido e prestigiado com a contribuição que os jovens propiciam a esta casa, haja vista que é destacada a excelência do desempenho desses profissionais na Instituição. A dedicação de todos os envolvidos no programa representa uma valiosa oportunidade de integração social e de experiência profissional para os jovens surdos". A juíza espera que os excelentes resultados dessa parceria possam inspirar projetos semelhantes ou mesmo de igual natureza, como acontece por exemplo no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Detran e Ipsemg.

TRT e Feneis comemoram parceria no Dia Nacional dos Surdos (imagem 2)

O evento foi acompanhado pelo mediador da Língua Brasileira de Sinais, Wildmark Ferreira, da PUC-Minas, que interpretou o hino nacional usando a linguagem de sinais, também usada pelo assessor de Apoio à Primeira Instância de Belo Horizonte, Lucas Fernandes Viana (foto), para ressaltar a importância do trabalho desempenhado pelos jovens da Feneis.

Já o gerente de Recursos Humanos da Feneis, Gilberto Justino, fez uma reflexão sobre a história do reconhecimento do surdo como indivíduo em potencial e da linguagem de sinais e, principalmente, da educação dos surdos. "Os surdos eram excluídos das escolas e a língua de sinais era proibida", lembrou, enfatizando que só em 2002 a língua foi reconhecida por lei. "O dia de hoje marca também a luta da comunidade dos surdos pelos seus direitos básicos, como educação, saúde, trabalho e cidadania". A inauguração da primeira escola para surdos no país foi em 1857, no Rio de Janeiro, atualmente, Instituto Nacional de Educação de Surdos.

Também participaram do evento, a diretora do Foro Trabalhista de BH, juíza Maristela Íris da Silva Malheiros, o assessor-chefe da Diretoria-Geral, André Mascarenhas; o diretor de Apoio Administrativo, Mozart Secundino e o diretor de Coordenação Administrativa, Carlos Athayde Valadares Viégas. (Márcia Barroso)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br