TRT-MG participa do Censo Nacional do Poder Judiciário

publicado 19/08/2013 15:16, modificado 19/08/2013 18:16

O CNJ promove, a partir do dia 26 de agosto, o Censo Nacional do Poder Judiciário. A intenção é avaliar o perfil dos magistrados e servidores do judiciário em todo o país, identificando a distribuição em termos de sexo, idade, etnia, além de outros dados. O levantamento também servirá para constatar características específicas do corpo de magistrados e funcional de diferentes tribunais. Com esses dados, poderá ser feita uma avaliação das políticas de recursos humanos já existentes, como a de cotas para pessoas com deficiência.

Num primeiro momento, um prazo de 45 dias será reservado para colher os dados dos servidores de diversos órgãos do Poder Judiciário, bem como dos conselhos superiores, incluídos os requisitados de outros poderes. Para participar, basta acessar o endereço www.cnj.jus.br/censo e responder a um questionário eletrônico utilizando o número do CPF. O censo não contará com a participação dos trabalhadores terceirizados, dos estagiários, nem daqueles que, pertencentes ao Poder Judiciário, estejam cedidos para outros poderes. Os magistrados deverão participar numa segunda fase do levantamento.

Na Justiça do Trabalho de Minas Gerais, a coleta de dados será organizada pela Comissão Censitária do tribunal, que é composta pela juíza auxiliar da 1ª vice-presidência, Wilméia da Costa Benevides, que atua como presidente da Comissão, e pelos servidores Daniela Moreira Maurício Sandy, representando a Diretoria de Recursos Humanos, Luiz Felipe Campos Fernandes, da Diretoria de Informática, Simone Pinheiro Bretas Vargas, como representante da Assessoria de Comunicação Social, e Breno Angelim Chaves Correa, que integra a Secretaria Geral da Presidência. (David Landau)

Visualizações: