TST abre consulta para magistrados interessados em compor o CNJ

publicado 22/03/2013 15:02, modificado 22/03/2013 18:02

O Tribunal Superior do Trabalho receberá, a partir de segunda-feira (25), as manifestações de magistrados de primeiro e segundo graus interessados em participar da lista de indicados para o Conselho Nacional de Justiça. A indicação, por parte do TST, de um desembargador de Tribunal Regional do Trabalho e de um juiz do trabalho para a composição do CNJ está prevista no artigo 103-B, incisos VIII e IX, da Constituição Federal.

Tendo em vista que os mandatos dos atuais componentes do CNJ se encerram em agosto de 2013, o presidente do TST, ministro Carlos Alberto Reis de Paula, entendeu ser necessário abrir a consulta a todos os magistrados da Justiça do Trabalho, a fim de que manifestem expressamente interesse na indicação. Por isso, expediu ofício a todos os presidentes de TRTs para que estes informem aos magistrados sob sua jurisdição para que os interessados se manifestem diretamente à Presidência do TST, de 25 de março a 12 de abril, por meio de formulário eletrônico disponível no portal do TST na Internet. (fonte: www.tst.jus.br)

Visualizações: