TST lança Pesquisa de satisfação social para usuários dos seus serviços

publicado 11/10/2013 11:54, modificado 11/10/2013 14:54
TST lança Pesquisa de satisfação social para usuários dos seus serviços (imagem 1)

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) promove, no período de 7 de outubro a 8 de novembro, a Pesquisa de Satisfação Social, para que os usuários dos serviços do Tribunal (advogados, partes em processos, estudantes) avaliem as atividades da instituição e indiquem sugestões de melhoria.

Em 2012, os 1.520 participantes que responderam à pesquisa enviaram 725 sugestões ao Tribunal. Agora, o TST quer saber dos usuários o grau de satisfação de 2013. A pesquisa é coordenada pela Ouvidoria do TST e está disponível neste link .

"A pesquisa de satisfação do TST expressa duas questões fundamentais: de um lado, o Tribunal busca escutar a opinião do usuário da Justiça do Trabalho para aperfeiçoar os serviços prestados; de outro, concretiza a participação social do cidadão na construção de um Tribunal célere e de qualidade", destaca a chefe da Ouvidoria, Renata Haberman.

Em poucos minutos, o usuário avalia o atendimento prestado pelos servidores do TST, a prestação jurisdicional (por exemplo, o tempo de espera até a decisão judicial), as instalações físicas da Corte, a comunicação e os serviços online oferecidos pelo órgão. As questões que compõem a pesquisa têm por base documento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em 2012, onze itens foram objeto das questões. Desses, seis apresentaram crescimento do índice de satisfação de 2011 para 2012; quatro não conseguiram alcançar a satisfação registrada em 2011 e um manteve o mesmo índice. Entre os índices mais bem avaliados em 2012 estão rapidez no atendimento; tempo de tramitação dos processos e atenção e interesse no atendimento. (Secom/TST)

Visualizações: