AMB critica proposta de Reforma da Previdência e divulga cartilha informativa

publicado 13/03/2017 13:27, modificado 21/10/2018 10:55
AMB critica proposta de Reforma da Previdência e divulga cartilha informativa (imagem 1)

A Associação dos Magistrados do Brasil lançou uma cartilha informativa para se contrapor à chamada "Reforma da Previdencia" - Projeto de Emenda Constitucional apresentado pelo governo Temer para alterar os direitos previdenciários (PEC 287/2016) de todos os trabalhadores. A entidade também criou uma nova página na internet (hotsite) com o objetivo de aprofundar o debate sobre o assunto.

Em ofício enviado ao TRT-MG, o presidente da AMB, Jayme Martins de Oliveira Neto, afirma que a Reforma , da forma como proposta, traria "um dos maiores retrocessos para a magistratura brasileira".

Na cartilha, a AMB afirma que a PEC apresentada "viola flagrantemente os princípios da igualdade, da razoabilidade, da não surpresa e da dignidade da pessoa humana, sem olvidar do afastamento do primado do bem estar e da justiça social, todos previstos na Constituição Federal". O texto de apresentação esclarece que a interpretação literal da Reforma na cartilha "não significa, de forma alguma, abrir mão do direito à judicialização das questões, quer sob o ponto de vista da violação de cláusulas pétreas constitucionais, de forma expressa ou implícita, quer na busca de uma interpretação sistemática ou teleológica, na defesa da previdência pública e dos direitos dos magistrados e servidores." (David Landau)

Visualizações: