CNJ cria grupo de trabalho para aprimoramento da prestação jurisdicional

publicado 24/02/2017 13:11, modificado 10/03/2019 11:05
CNJ cria grupo de trabalho para aprimoramento da prestação jurisdicional (imagem 1)
Juiz Antônio Gomes de Vasconcelos (segundo da esquerda para direita) com os demais representantes do grupo de trabalho

A Corregedoria Nacional de Justiça realizou, nos dias 22 e 23 de fevereiro, a primeira reunião do grupo de trabalho instalado com o objetivo de trabalhar para o aprimoramento da prestação jurisdicional, com ampliação do atendimento e acesso à justiça. O intuito é que haja cooperação nacional entre as justiças comum, federal e trabalhista na implementação de operações, justiça itinerante e projetos para otimizar resultados e minimizar custos, coletando boas práticas que possam se tornar políticas padronizadas.

O Grupo de Trabalho é composto por magistrados das diversas regiões do país e provenientes de todos os ramos do Poder Judiciário. O TRT-MG está representado no grupo pelo juiz titular da 45ª Vara do Trabalho, Antônio Gomes de Vasconcelos, e pela desembargadora Adriana Goulart de Sena Orsini. O convite aos magistrados foi feito pelo ministro do STJ João Otávio de Noronha, corregedor nacional do CNJ.

O juiz Antônio Gomes esteve presente na primeira reunião e acredita que todas as experiências inovadoras instituídas pelo TRT-MG estão sintonizadas com as premissas do trabalho do grupo. Ele citou, entre outras, o Sistema Integrado de Gestão Judiciária e de Participação da 1ª Instância na Administração da Justiça do TRT-MG (Singespa) , as Centrais de Conciliação de 1º e 2º Graus e o Núcleo de Cooperação Judiciária.

Visualizações: