Comissão encarregada do concurso nacional da magistratura tem juíza do TRT-MG

publicado 13/03/2017 13:39, modificado 13/03/2017 16:39

A juíza Maria Raquel Ferraz Zagari Valentim, titular da 5ª Vara do Trabalho de Juiz de Fora e coordenadora acadêmica da Escola Judicial do TRT-MG, foi escolhida, pelo Órgão Especial do TST, para integrar a Comissão Executiva Nacional de Concurso como suplente da única vaga destinada a juízes de 1º grau. A definição dos nomes ocorreu na sessão do dia 6 de março último e está formalizada na Resolução Administrativa 1.880 desse Tribunal.

A Comissão será responsável pela realização do Concurso Nacional Unificado para ingresso na carreira da magistratura do trabalho, certame a ser realizado de acordo com o previsto no art. 24 da Resolução Administrativa 1.861, de 28 de novembro de 2016. Os suplentes possuem a incumbência de substituir os titulares em suas ausências.

Nova composição da Comissão:

Presidente da Comissão Executiva Nacional de Concurso Ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi Ministra Maria de Assis Calsing (Suplente) Ministro do Tribunal Superior do Trabalho Ministro Aloysio Corrêa da Veiga Ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho (Suplente) Desembargador do Trabalho Desembargadora Tereza Asta Gemignani (TRT da 15ª Região) Desembargador Ricardo Alencar Machado (TRT da 10ª Região - Suplente) Juiz Titular de Vara do Trabalho Juiz João Marcelo Balsanelli (TRT da 24ª Região) Juíza Maria Raquel Ferraz Zagari Valentim (TRT da 3ª Região - Suplente) Representante da Ordem dos Advogados do Brasil- OAB Advogado Raimar Rodrigues Machado Advogado Marcos Luís Borges de Resende (Suplente) (David Landau / com informações da página da Enamat)

Visualizações: