Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas - 2017 / Grupo de negócios inicia projeto de adaptação do PJe às políticas de conciliação na JT

Grupo de negócios inicia projeto de adaptação do PJe às políticas de conciliação na JT

publicado 20/02/2017 14:39, modificado 20/02/2017 17:39

O Grupo de Negócios do Conselho Superior da Justiça do Trabalho iniciou um projeto que visa definir o fluxo de trabalho e os requisitos necessários para que o Sistema de Processo Judicial eletrônico (PJe) se adapte às políticas e práticas de conciliação e mediação. A exigência está prevista na Resolução 174 do CSJT, que dispõe sobre a política judiciária nacional de tratamento adequado das disputas de interesses no âmbito do Poder Judiciário Trabalhista, editada em setembro de 2016.

Ao longo do encontro, realizado nesta semana, o desembargador Ricardo Mohallen (TRT/MG), membro da Comissão Nacional de Promoção à Conciliação, destacou os desafios desta adaptação.

"Temos como prioridade a adequação do PJe a este momento em que a Justiça do Trabalho dá ênfase à conciliação como forma de estimulo à pacificação social, portanto, nosso objetivo é fazer com o que sistema tenha ferramentas e funcionalidades adequadas para que o usuário trabalhe com mais desenvoltura".

Segundo Mohallen, a atual versão do PJe não permite que atas de conciliação sejam enviadas pelo Sistema, daí a necessidade da evolução.

"O primeiro passo será a análise profunda da resolução 174 do CJST e um exame dos atuais fluxos do Sistema de Pje para que possamos verificar os tramites que a resolução impõe aos usuários para que possamos desenhar os fluxos", explicou.

Após a etapa de estudos, o desenvolvimento efetivo do sistema será iniciado com o intuito de operacionalizar o que foi idealizado. Na sequência, serão realizados os testes de desempenho e a disponibilização do software para uso da sociedade.

Segundo o Comitê Gestor Nacional do PJe na Justiça do Trabalho a previsão é que a versão 1.16, prevista para o segundo semestre de 2017, já traga os elementos da adaptação. (Taciana Giesel/Divisão de Comunicação do CSJT)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /