Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas - 2017 / Marco Antônio Paulinelli de Carvalho toma posse como novo desembargador do TRT-MG

Marco Antônio Paulinelli de Carvalho toma posse como novo desembargador do TRT-MG

publicado 06/03/2017 15:36, modificado 06/03/2017 18:36
Marco Antônio Paulinelli de Carvalho toma posse como novo desembargador do TRT-MG (imagem 1)
Foto: Madson Morais

Tomou posse na tarde desta segunda-feira (6) como desembargador do TRT-MG, o até então procurador do trabalho Marco Antônio Paulinelli de Carvalho. Ele assume vaga destinada a representante do Ministério Público do Trabalho (MPT). O evento ocorreu no gabinete da Presidência.

Após ter obtido a primeira colocação entre os votados para a lista sêxtupla elaborada pelo Colégio de Procuradores, o recém empossado desembargador também teve a maior votação no Tribunal Pleno, quando foi escolhida a lista tríplice a ser enviada à Presidência da República. A sua nomeação foi referendada com a nomeação, pelo chefe do Executivo Federal, no último dia 23 de fevereiro.

Com a posse do desembargador Marco Antônio Paulinelli de Carvalho, o Tribunal passa a preencher todas as 49 vagas de desembargador previstas em seu Regimento Interno.

Na solenidade, após a leitura dos termos de compromisso e de posse, o novo desembargador recebeu as boas vindas do presidente do TRT, desembargador Júlio Bernardo do Carmo. O representante máximo da Corte trabalhista mineira manifestou o júbilo da instituição em receber quem qualificou como "pessoa amável, de fino trato, respeitador das responsabilidades e deveres de seu ofício e, acima de tudo, talhado para servir com galhardia e extrema competência à Administração Pública".

Para ressaltar as qualidades profissionais do novo membro do Tribunal, o presidente do TRT expôs o currículo do magistrado empossado, no qual consta a aprovação em diversos concursos públicos: para o cargo de fiscal de tributos do estado de Minas Gerais em 1982, procurador da Fazenda Nacional no mesmo ano, procurador do estado de Minas Gerais em 1984, procurador da Fazenda Nacional (pela segunda vez) em 2008, procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais no mesmo ano, advogado da União em 2009 e procurador do MPT em 2010.

De acordo com o presidente do TRT-MG, a experiência profissional e a capacidade de trabalho do novo membro da Corte "muito contribuirão para que possamos agilizar nossa meta estratégica mais preciosa, a prestação da tutela jurisdicional". Júlio Bernardo do Carmo salientou mais de uma vez que se tratava de posse informal, que poderá ser ratificada solenemente, se essa for a opção do empossado, perante o Tribunal Pleno. Ao terminar sua fala, ele deu boas-vindas e desejou felicidade ao novo desembargador.

O empossado manifestou a grande alegria e emoção sentida pelo momento, e disse ter pedido a Deus muita sabedoria para melhor participar dos julgamentos. Marco Antonio Paulinelli é o primeira pessoa com deficiência visual a se tornar magistrado do TRT-MG.

A Administração do Tribunal esteve representada, além do presidente, pelo 1º vice-presidente e pelo corregedor da Casa, desembargadores Ricardo Antonio Mohallem e Fernando Antônio Viégas Peixoto. O evento contou com a presença da procuradora-chefe do MPT em Minas Gerais, Adriana Augusta de Moura Souza, do presidente da OAB - Seção MG, advogado Antônio Fabrício de Matos Gonçalves, do presidente da Amatra-3, juiz Glauco Rodrigues Becho, de familiares, procuradores do MPT, desembargadores, juízes, diretores e servidores do TRT-MG.

Confira a galeria de fotos (David Landau)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /