Justiça do Trabalho apresenta desempenho acima da média nacional

publicado 01/06/2006 21:00, modificado 02/06/2006 00:00

Justiça do Trabalho apresenta desempenho acima da média nacional (imagem 1) Em sessão plenária, o ministro José Luciano de Castilho Pereira, corregedor-geral da Justiça do Trabalho, apresentou o relatório da correição ordinária feita no TRT da 3ª Região e encerrada nesta sexta-feira, dia 2 de junho.

Vale destacar do relatório o elogio do Corregedor-Geral ao bom desempenho deste Regional, enfatizando a excelente qualidade dos despachos proferidos por seus magistrados  e o cumprimento satisfatório dos prazos processuais, apesar do aumento da demanda processual provocada pela Emenda Constitucional 45.

O ministro Luciano de Castilho encerrou os trabalhos de correição reforçando a necessidade de transferência das varas do trabalho em Belo Horizonte para um novo endereço, já que o atual Fórum da capital esgotou a sua capacidade de atendimento, recomendando que o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região “continue a ser o tribunal referência de toda a Justiça do Trabalho”.

TRT de Minas concede comenda a ministro do TST

O ministro João Batista Brito Pereira, do Tribunal Superior do Trabalho, recebeu na mesma sessão que encerrou a correição na 3ª Região, a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho Juiz Ari Rocha, no Grau Grã-Cruz, concedida pelo TRT de Minas. O juiz Júlio Bernardo do Carmo, Conselheiro-Secretário da Ordem, proferiu o discurso de saudação ao ministro Brito Pereira .

Presentes à homenagem os ministros do TST, José Luciano de Castilho Pereira e Carlos Alberto Reis de Paula, além de toda a Corte Trabalhista de Minas.

Visualizações: