TRT recebe novo juiz togado

publicado 01/05/2005 21:00, modificado 02/05/2005 00:00

Juiz Anemar Pereira Amaral

O Juiz Anemar Pereira Amaral, o mais novo membro da Corte Trabalhista mineira, foi homenageado pelos seus pares, em Sessão Solene, no dia 27 de abril. O Juiz Márcio Ribeiro do Valle, Presidente do TRT, deu as boas vindas ao magistrado ressaltando-lhe as qualidades indispensáveis aos bons juízes: “dignidade, serenidade, prudência, retidão de caráter, rigor na persecução da verdade e, acima de tudo, humildade, supremo dom que sempre possibilitará ao Julgador atuar com liberdade e equilíbrio, entregando a cada um o que é seu por direito, em prol do bem de todos”.

Formado em Direito pela Faculdade Milton Campos e com certificados de Pós-Graduação em Direito de Estado pelo Instituto de Educação Continuada e pela PUC/MG, Anemar ingressou no Ministério Público do Trabalho, em 26 de junho de 1996, por meio de concurso público para Procurador do Trabalho.

Com destacada experiência na área de Direito Coletivo, o novo magistrado foi designado para atuar na CODIN – Coordenadoria de Defesa de Interesses Difusos e Coletivos da PRT/3ª Região, tornando-se o seu 5º integrante, onde atuou por mais de cinco anos ininterruptos. Exerceu, a partir de março de 2003, o encargo de Coordenador da CODINTER – Coordenadoria de Órgão Agente e Interveniente da Procuradoria, que unificou a atuação dos procuradores. Em setembro do mesmo ano assumiu o cargo de Procurador-Chefe Adjunto.

O novo membro da Justiça Trabalhista Mineira foi empossado no dia 31 de março como Juiz Togado de 2ª Instância do TRT-3ª Região, em vaga destinada ao Ministério Público, como prevê o artigo 94 da Constituição que reserva um quinto das vagas de juízes nos tribunais federais para representantes da OAB e do Ministério Público.

Visualizações: