Gestores do TRT acompanham execução das obras do Novo Fórum Trabalhista de BH

publicado 03/04/2017 15:38, modificado 21/10/2018 10:55

720x480_2017_0331_PresidenteVisitaObrasNovoForumBH_MM40.jpg

O presidente do TRT-MG, desembargador Júlio Bernardo do Carmo, e o desembargador José Murilo de Morais, que preside a Comissão de Gestão Predial do Tribunal, visitaram, na tarde da última sexta-feira (31), as obras do Novo Fórum Trabalhista de Belo Horizonte, em construção na região da Praça da Estação, no centro da capital, no antigo prédio da Escola de Engenharia da UFMG.

Os visitantes puderam conferir que o estacionamento do prédio onde funcionará a Escola Judicial do Tribunal já está tomando forma com aplicação de cimento. Atualmente há cerca de cem trabalhadores no local.

O desembargador Júlio Bernardo do Carmo destacou que houve um progresso muito grande nesses cinco meses de obras. "Creio que a vinda de varas do trabalho vai contribuir também para revitalizar a região, porque esses prédios antigos estavam abandonados. Muitas pessoas vão circular por aqui, movimentado a região, dando uma nova vida. A Justiça do Trabalho mineira esperava há um bom tempo por esse espaço para melhorarmos os serviços prestados à sociedade", afirmou.

Já o desembargador José Murilo de Morais enfatizou que o cronograma está sendo cumprido e que nesse tipo de intervenção muitas exigências devem ser obedecidas, como a preservação do patrimônio histórico, já que alguns prédios são tombados. Além disso, está prevista a assinatura de um contrato entre o TRT-MG e a Caixa Econômica Federal para que o banco forneça apoio técnico na gestão da obra.

Segundo o secretário de Engenharia do TRT-MG, Hudson Luiz Guimarães, o custo das obras, contratadas sob regime de empreitada ao preço global atualizado de R$ 108,53 milhões, será recuperado em menos de 12 anos. A economia virá do montante que deixará de ser gasto com o aluguel dos citados prédios a partir da mudança para a sede própria, cujo término da construção está previsto para daqui a 36 meses.

Estiveram presentes também na visita o assessor especial da presidência deste Regional, Paulo Henrique Haddad, o diretor de Administração, Cristiano Barros Reis, a assessora chefe da Diretoria-Geral, Ana Flávia Sales Bueno Chaib e a secretária de Controle Interno, Ana Rita Gonçalves Lara.

Novas instalações

As obras começaram em outubro de 2016. As novas instalações têm capacidade para abrigar 70 varas, 22 a mais que as 48 hoje existentes, instaladas nos prédios alugados da Av. Augusto de Lima, 1234 e da Rua Mato Grosso, 468, no Barro Preto. Além das varas, o Fórum vai abrigar a Escola Judicial do TRT-MG, salas de treinamento, auditório para solenidades, serviços de apoio, agências bancárias, estacionamento e bicicletário.

O Fórum está sendo construído no antigo complexo da Escola de Engenharia da UFMG, composto de quase dois quarteirões situados entre as ruas Espírito Santo e Bahia, no entorno da Praça da Estação.

Confira o vídeo sobre o projeto do novo fórum e a galeria de fotos da última visita aqui.

(Fotos: Madson de Morais)

Visualizações: