Fórum Trabalhista de BH recebe exposição itinerante sobre história da JT

publicado 07/06/2017 19:06, modificado 21/10/2018 10:54

A partir desta quinta-feira (8), quem passar pelo Fórum Trabalhista de Belo Horizonte poderá conhecer um pouco mais da história da Justiça do Trabalho. É que foi montada, no saguão da entrada da Rua Mato Grosso, 468 -  Barro Preto, a exposição itinerante Justiça do Trabalho: 76 anos de História. Criada em comemoração ao Mês do Trabalho, realizado em maio pela Escola Judicial do TRT-MG, a instalação foi apresentada na sede do Tribunal.

Dividida em três módulos, a exposição é composta por 11 painéis que retratam, por meio de textos e imagens, fatos ligados ao mundo do trabalho e aos trabalhadores. O primeiro módulo conta como foi a criação da JT no país e em Minas Gerais. O segundo mostra formas de trabalho representativas em nossa cultura. E o terceiro apresenta decisões da justiça trabalhista que tiveram grande impacto social.

720x480_2017_0607_InauguraodaexposioitineranteHistriadaJT_MM1.jpg
Juíza Wilméia da Costa Benevides (em pé) durante abertura da exposição. Ao fundo, o coral se prepara para apresentar - Fotos: Madson Morais

Ao abrir a exposição em seu novo local, a diretora do foro trabalhista da capital, juíza Wilméia da Costa Benevides, disse estar muito feliz por abrigar a exposição itinerante. "Esperamos que ela seja um novo canal de conhecimento sobre a Justiça do Trabalho e de integração entre a instituição e a comunidade", ressaltou.

Após a abertura oficial, o Coral Acordos e Acordes, composto por magistrados e servidores do TRT-MG, fez uma apresentação sob a regência do maestro Felipe Magalhães. No repertório, estavam peças que se relacionam com o mundo do trabalho, como Cio da Terra, de Milton Nascimento e Chico Buarque, e Canção dos Pescadores, de Dorival Caymmi.

720x480_2017_0607_InauguraodaexposioitineranteHistriadaJT_MM82.jpg

A advogada Ana Lúcia de Castro Maciel aprovou a iniciativa. "Venho ao fórum trabalhista quase todo dia e hoje tive uma grande surpresa ao sair de uma audiência e me deparar com essa bela apresentação do coral", disse. Para ela, muitos trabalhadores e advogados que frequentam diariamente a Justiça do Trabalho conhecem pouco sobre a sua história e essa será uma boa oportunidade para conhecer melhor.

A exposição itinerante permanece na capital mineira até 30 de junho, quando terá início seu percurso pelo interior de Minas Gerais.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br