TRT-MG ganha mais um ouro no Selo Justiça em Números do CNJ

publicado 21/11/2017 17:50, modificado 21/10/2018 10:55

SeloJustiaemNmeros.pngPelo segundo ano consecutivo, o TRT-MG recebeu, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Selo Justiça em Números na categoria Ouro. A premiação foi concedida pela pontuação alcançada no encaminhamento das informações constantes no Sistema de Estatística do Poder Judiciário (SIESPJ), com atenção aos prazos de preenchimento e à consistência dos dados, e pela performance no nível de informatização do Tribunal, uso de relatórios estatísticos para o planejamento estratégico e cumprimento de resoluções do CNJ alinhadas à gestão da informação.

Um dos itens avaliados em que o TRT-MG se destacou foi ter alcançado 100% de eficiência em 2016 no Índice de Produtividade Comparada da Justiça (IPC-Jus). Esse indicador, criado pelo CNJ, permite comparar tribunais do mesmo ramo de Justiça, independente do porte, pois considera o que foi produzido a partir do número de processos que tramitaram no período e os recursos humanos e financeiros disponíveis. Assim, o índice de cada tribunal é a razão entre seu desempenho e o quanto ele deveria ter produzido para atingir 100% de eficiência.

Entre as exigências para o recebimento do Selo Justiça em Números 2017, estava a implantação, pelos tribunais, de núcleos socioambientais, conforme previsto na Resolução CNJ n. 201, de 2015, que determina aos órgãos do Poder Judiciário a redução do impacto ambiental de suas atividades. Outro item avaliado foi ter implantado o Comitê Gestor Regional de Priorização do Primeiro Grau de Jurisdição.

O Selo Justiça em Números é conferido aos tribunais desde 2013, com o objetivo de fomentar a qualidade dos dados estatísticos do Judiciário, sobretudo referentes ao Relatório Justiça em Números. São distribuídos selos em quatro categorias: Diamante, Ouro, Prata e Bronze.

Visualizações: