Mais 11 mil candidatos participam do concurso nacional para a magistratura trabalhista

publicado 09/10/2017 18:30, modificado 09/10/2017 18:30

720x480a_2017_1009_ConcursoMagistratura_TRT3MG_LA.jpg
Os componentes da Comissão Executiva Local do concurso observam a abertura das caixas das provas - Foto: Leonardo Andrade

As provas objetivas do Concurso Público Nacional Unificado para a Magistratura do Trabalho contou com a participação de 11.166 candidatos. Segundo a Fundação Carlos Chagas, organizadora do certame, o índice de ausência foi de 17,9%. Em Belo Horizonte (MG), 83,47% dos inscritos fizeram a prova, que têm caráter eliminatório e classificatório.

O gabarito será divulgado na quarta-feira (11) e o período para a apresentação de recursos é de 17 a 18/10. O julgamento dos recursos está marcado para o dia 14/11, e os resultados finais da primeira etapa serão conhecidos no dia 11/11. A segunda etapa, que abrange as provas discursiva e de sentença, será aplicada nos dias 2 e 3/12.

O 1º Concurso Público Nacional Unificado para a Magistratura do Trabalho é realizado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat), juntamente com todos os Tribunais Regionais do Trabalho (TRT) do Brasil. No TRT-MG, a Comissão Executiva Local do concurso foi composta pelo desembargador João Bosco Pinto Lara, pelo juiz Cléber Lúcio de Almeida e pelo advogado Alex Santana de Novais. Para mais informações sobre o concurso, clique aqui.

(Com informações do TST)

Visualizações: