Oficina reúne profissionais da educação e da rede de proteção para debate sobre trabalho infantil

publicado 10/05/2019 16:09, modificado 10/05/2019 16:09

Belo Horizonte está sediando nesta quinta e sexta-feira (9 e 10 de maio) a Oficina do Projeto Resgate a Infância – Eixo Educação/2019. Promovido pelo Ministério Público do Trabalho em Minas Gerais (MPT-MG), reúne profissionais da educação e integrantes da rede de proteção, promovendo debates sobre aspectos atuais do trabalho infantil, mitos que envolvem o tema e as piores formas de exploração de crianças e adolescentes.

A gestora do projeto de combate ao trabalho infantil no TRT-MG, juíza do trabalho Luciana Viotti, palestrou sobre Direitos sociais e a importância dos sistemas de proteção do trabalho, na manhã desta sexta (10), no auditório da PUC Minas - Campus Praça da Liberdade, em BH.

"O objetivo do MPT com essa oficina é capacitar multiplicadores para que apresentem o tema a professores e alunos de suas escolas, pautando o assunto nas atividades escolares, como proposto no material de apoio, e sensibilizando os envolvidos para o problema", ressalta a coordenadora do projeto Resgate a Infância em Minas Gerais, procuradora do Trabalho Luciana Coutinho.

A Oficina representa uma das etapas do Projeto Resgate a Infância - Eixo Educação, que tem por objetivo prevenir e combater o trabalho infantil, conscientizar a sociedade, fomentar políticas públicas, promover a formação profissional e proteger o trabalhador adolescente.

O projeto tem como uma de suas etapas uma saudável competição entre as escolas e os municípios, sendo premiados pelo MPT os alunos das escolas públicas do ensino fundamental que produzirem os melhores trabalhos em seis categorias, como poesia, conto, desenho, envolvendo o tema "trabalho infantil".

Saiba mais sobre o Projeto Resgate a Infância

 

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br