Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Outubro / Jornada destaca importância da produção de cajuína na economia do Piauí

Jornada destaca importância da produção de cajuína na economia do Piauí

publicado 22/10/2018 16:39, modificado 22/10/2018 16:42

Reportagem especial do Jornada mostra todo o processo que leva a cajuína para a mesa dos consumidores. A bebida foi tombada como patrimônio cultural brasileiro e sua produção alcança mais de 10 milhões de litros por ano só no Piauí.  

Orgulho de todo piauiense, a cajuína tem mudado para melhor a vida de muita gente no estado. Cerca de 3 mil pessoas estão envolvidas na cadeia produtiva da bebida que é patrimônio cultural brasileiro desde 2014. A reportagem especial do Jornada foi até Altos, no Piauí, para mostrar o passo a passo do processo produtivo da cajuína e como ela tem movimentado a economia local.

Obtida por meio do suco extraído do pedúnculo do caju, a cajuína é o meio de vida da família de Hildélio Pereira já há três gerações. O produtor rural se dedica desde o plantio e colheita do caju até o término da extração da cajuína, quando ela é envasada e distribuída. “Cada garrafa de cajuína é como se fosse um filho para mim”, diz ele, que produz cerca de 10 mil litros por ano em sua propriedade.

A reportagem destaca os melhores meses para a produção da bebida e como os pequenos produtores conseguiram se organizar para viabilizar a aquisição de equipamentos que agregam valor ao trabalho. O presidente da Cooperativa dos Produtores de Cajuína do Piauí, Lenildo Lima, ressalta a importância da cajuína na vida de todo piauiense. “Um quilo de caju pode render R$ 36. Para mim, caju é ouro”, vibra. Conheça também Arimateia Magalhães, que se dedica há mais de 25 anos à produção da bebida. Saiba ainda como funciona a etapa de clarificação do suco, uma exigência após o tombamento da cajuína. Assista ao Jornada no canal oficial do TST no Youtube.

 

Outras reportagens

 

Camareira de hotel tem direito a adicional de insalubridade? A chefia de governança pode proceder à revista das empregadas caso objetos de hóspedes desapareçam? No Quadro “Direitos e Deveres”, o desembargador Wolney de Macedo, do TRT da 13ª Região, na Paraíba, tira todas as dúvidas trabalhistas da governanta e da camareira.

Em Salvador/BA, algumas empresas já adotam o Compliance Trabalhista para melhorar o relacionamento com os empregados. O modelo sugere medidas que previnem incidentes no ambiente de trabalho, por meio da efetiva aplicação do código de ética interno e da CLT. A reportagem mostra os benefícios dessa ferramenta, que contribui entre outros aspectos para a diminuição de reclamações trabalhistas.

Materiais que virariam lixo se transformam em peças decorativas no quadro “Meu trabalho é uma arte”. Conheça Leandro de Castro, um artista plástico apaixonado por dioramas artesanais, que consistem na representação de uma cena da forma mais realista possível.   

O Jornada é exibido pela TV Justiça às segundas-feiras, às 19h30, com reapresentações às terças-feiras, às 7h; quartas-feiras, às 19h30; quintas-feiras, às 7h; e aos sábados e domingos, às 6h. Assista ao programa a qualquer hora no canal do TST no Youtube - https://www.youtube.com/user/tst.

 

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /