Combate a práticas de violência no ambiente de trabalho é destaque no Jornada

publicado 18/09/2018 13:11, modificado 18/09/2018 13:11

Reportagem especial mostra as histórias de humilhação e perseguição que levaram três trabalhadoras a pedirem demissão de seus empregos. O enfrentamento às violências no trabalho é o tema do biênio do Programa Trabalho Seguro do TST e CSJT.

 Piadas, xingamentos, perseguição e sexismo. Esses e outros tipos de violências praticadas no ambiente de trabalho foram abordados no programa Jornada, da TV TST. A reportagem especial ouviu os relatos de três mulheres que sofreram os mais diversos tipos de humilhações por parte de seus superiores hierárquicos.

 Histórias como a de Cyntia Araújo, estudante de jornalismo, são contadas no programa. Ela passou quase 10 anos trabalhando como empregada doméstica em tempo integral. Durante esse tempo, foi vítima de ofensas diárias por parte de seu ex-patrão. “Era chamada de lerda e tonta. No início, achava engraçado até entender o que de fato estava acontecendo”, revela a estudante, que pretende ser correspondente internacional quando se formar.

 Segundo a psicóloga Maristela Benazzi, agressões recorrentes no local de trabalho podem causar danos graves à saúde do trabalhador. “Os efeitos psicológicos vão dos mais leves aos mais severos”, diz. “O tratamento com terapia é indicado sempre que a pessoa tem uma grande queda na autoestima e começa a desenvolver uma série de doenças psicossomáticas”, completa.

 A ministra do TST Delaíde Miranda Arantes, coordenadora do Programa Trabalho Seguro, falou sobre a necessidade de se discutir esse tema pelos próximos dois anos. “Os casos de assédio no trabalho são crescentes. É nossa responsabilidade conscientizar a sociedade através de publicidade e de eventos envolvendo empresas e trabalhadores”, afirma a ministra.

 

Outras reportagens

A Justiça do Trabalho ganhou destaque no 14º relatório “Justiça em Números”. A publicação é divulgada anualmente pelo Conselho nacional de Justiça (CNJ). Confira na reportagem os ótimos resultados apresentados pelos tribunais trabalhistas nos quesitos conciliação e produtividade de magistrados e servidores.

No quadro “Tá Explicado”, conheça o que diz a legislação sobre o descanso de empregados. Você sabia que entre duas jornadas de trabalho deve haver um período mínimo para repouso? Na reportagem, você conhece quantas horas a lei reserva ao descanso de trabalhadores de um dia para o outro.

E no quadro “Trabalha Brasil”, veja as habilidades do profissional responsável pela construção de cenários, o cenógrafo.

O Jornada é exibido pela TV Justiça às segundas-feiras, às 19h30, com reapresentações às terças-feiras, às 7h; quartas-feiras, às 19h30; quintas-feiras, às 7h; e aos sábados e domingos, às 6h. Assista ao programa a qualquer hora no canal do TST no Youtube - https://www.youtube.com/user/tst.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br