TRT-MG e TST realizam seminário internacional sobre grandes acidentes de trabalho

publicado 27/03/2019 18:08, modificado 25/04/2019 15:29

O TRT-MG e o TST realizam, nos dias 25 e 26 de abril, o “Seminário Internacional sobre grandes acidentes do trabalho: efetividade da prevenção", na Escola Superior Dom Hélder Câmara, na rua Álvares Maciel, 628, no bairro Santa Efigênia, em Belo Horizonte. O evento é uma iniciativa do Programa Trabalho Seguro da Justiça do Trabalho, em parceria com a Escola Judicial do Regional mineiro, e conta com o apoio da Amatra3.

Entre os palestrantes, destaca-se o professor
doutor em sociologia do trabalho e das organizações da Universidade Nova de Lisboa, João Areosa, que falará sobre o tema “Do risco aos grandes acidentes: como construir a prevenção?”. Também estará presente o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, que abordará “O papel do observatório sobre questões ambientais, econômicas e sociais de alta complexidade”. Confira a programação completa.

Além disso, o evento contará com as presenças do presidente do TST e do CSJT, ministro João Batista Brito Pereira; da procuradora-geral da República, Raquel Dodge; do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia; do diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Martin Hahn; do procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury; e do presidente do TRT-MG, desembargador Marcus Moura Ferreira.

Para o desembargador do TRT-MG Sebastião Geraldo de Oliveira, o Programa Trabalho Seguro da Justiça do Trabalho, do qual é gestor nacional, vem atuando, desde 2011, em conjunto com diversos parceiros institucionais, para implementar ações voltadas à prevenção de acidentes do trabalho. “O conhecimento científico atual assegura que
a maioria dos acidentes são previsíveis e, como consequência lógica, são também passíveis de prevenção”, destaca.

Ele explica que o seminário foi concebido especialmente para explorar todas as potencialidades
da prevenção, considerando o conhecimento dos especialistas, o marco regulatório atual, o tratamento do tema em outros países e a mobilização da sociedade para promover as mudanças necessárias.

“Se a situação presente é de tristeza e luto por tantos infortúnios, pretende-se, pelo menos, iniciar a construção com bases sólidas de um futuro mais seguro e saudável. Afinal, o trabalhador a cada dia sai de casa para ganhar a vida e não para encontrar a morte”, ressalta.

Inscrições
As inscrições
estão previstas para começar no dia 2 de abril e vão até 24 de abril em link a ser divulgado posteriormente. O evento é gratuito e aberto ao público. Os certificados de participação serão encaminhados para os e-mails informados no ato da inscrição.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br