Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas - 2009 a 2010 / Aberto em Caxambu Seminário sobre Processo Eletrônico

Aberto em Caxambu Seminário sobre Processo Eletrônico

publicado 18/11/2010 17:10, modificado 18/11/2010 19:10

Foi aberto há pouco, em Caxambu, cidade mineira distante 355 km de Belo Horizonte, o Seminário sobre Processo Eletrônico, realização da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região e da Amatra3, com a presença de mais de 200 participantes, entre magistrados e servidores da Justiça do Trabalho mineira.

Na abertura do seminário, o desembargador Eduardo Augusto Lobato, presidente do TRT de Minas, em sua manifestação, convidou todos os participantes a se empenharem para que “sejamos, assim, empreendedores de ideias inovadoras na solução das questões que aqui serão debatidas, em cumprimento à missão que nos é confiada pelos deveres de ofício”, esclarecendo que o objetivo do seminário é contribuir para a discussão acerca da implantação do processo eletrônico da Justiça Trabalhista mineira, seus benefícios, suas consequências e as necessidades a serem superadas.

Aberto em Caxambu Seminário sobre Processo Eletrônico (imagem 1)
Foto: Augusto Carneiro

Prestigiaram a solenidade de abertura do seminário, além do prefeito da cidade Luís Carlos Pinto que registrou a satisfação de Caxambu ao sediar o evento, e destacando as belezas daquela estância hidromineral, os desembargadores, Cleube de Freitas Pereira e Paulo Roberto de Castro, a primeira, vice-presidente administrativo e o outro, presidente da Comissão de Informática do TRT da 3ª Região. E, ainda, o presidente da Amatra3 e o vice, juízes João Bosco de Barcelos Coura e Alexandre Wagner de Morais Albuquerque; o titular da Vara do Trabalho de Caxambu, juiz Marco Antônio Ribeiro Muniz Rodrigues; o presidente da Comissão de Exame de Ordem da OABMG, Carlos Schirmer, representando o presidente da entidade, Luís Cláudio Chaves; os desembargadores Anemar Pereira Amaral e Emerson José Alves Lage. E, também, assessores, diretores e servidores do TRT.

Prosseguindo os trabalhos desta noite, o desembargador Sérgio Murilo Rodrigues Lemos, da 9ª Região,(Paraná), vai abordar em palestra O Sistema Fidélis de Filmagem e Gravação de Audiências e, em seguida, o juiz Ubiratan Moreira Delgado, titular da 7ª Vara do Trabalho de João Pessoa e presidente da Comissão de Informática do TRT da Paraíba, relata a experiência pioneira de seu tribunal na implantação do Processo Eletrônico. (De Caxambu, Divina Dias e Walter Sales)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /