CNJ lança campanha do projeto Começar de Novo

publicado 22/10/2009 15:11, modificado 22/10/2009 17:11

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lança uma campanha de mídia em nível nacional com foco na sensibilização da população brasileira em relação à necessidade de reintegrar os egressos do sistema prisional tanto na sociedade quanto no mercado de trabalho. A campanha faz parte do projeto Começar de Novo, que engloba uma série de ações no sentido de incentivar a quebra de preconceitos e criar oportunidades de emprego para aqueles que já cumpriram sua dívida com a sociedade.

Os anúncios vão abordar o dilema enfrentado por essas pessoas ao deixarem as penitenciárias. As peças publicitárias serão veiculadas em emissoras de rádio, televisão e também pela internet.

O projeto Começar de Novo, promovido pelo CNJ e pelo STF, entrará em uma nova fase a partir do mês de novembro. Neste período serão realizadas iniciativas como a criação de um banco nacional de vagas de emprego para os egressos do sistema prisional e uma parceria com o Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 para contratação dos ex-presidiários nas obras. Além disso, serão estabelecidos convênios com entidades da sociedade civil, bem como com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para oferecer empregos e cursos profissionalizantes aos ex-presidiários.

Conheça mais sobre o programa Começar de novo no site www.cnj.jus.br .

(Stefânia Faria – estagiária/Ruth Vasseur)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br