Filmes são alvo de debate no TRT

publicado 06/03/2009 16:02, modificado 06/03/2009 19:02

Três personagens da história do país participaram, nesta sexta-feira, de mesa redonda no TRT na qual foi discutido Cinema e Democracia no Brasil: Imaginário Social, Pluralismo e Liberdade de Expressão :o cineasta mineiro Helvécio Ratton (foto 4), que em 2002 lançou o premiado Uma Onda no Ar , filme que conta a história da Rádio Favela, criação do radialista Misael dos Santos (foto 2) e frei Beto (foto 3), em cujo livro - Batismo de Sangue - Ratton se inspirou para dirigir filme homônimo lançado em 2007.

Além deles, participou da atividade, como debatedor, José Luiz Magalhães, professor de Direito Constitucional da PUC/MG e da UFMG, que ponderou a respeito da capacidade que a arte tem de revelar o real muitas vezes encoberto. Em ambos os filmes, é mostrada a possibilidade da resistência das pessoas, seja na favela ou na militância politica.

Filmes são alvo de debate no TRT (imagem 1)
Fotos: Leonardo Andrade/ACS

Em Uma Onda no Ar , quatro jovens amigos que vivem em uma favela de Belo Horizonte sonham em criar uma rádio que seja a voz do local onde vivem. Eles conseguem transformar seu sonho em realidade ao criar a Rádio Favela, que logo conquista os moradores locais por dar voz aos excluídos, mesmo operando na ilegalidade. O sucesso da rádio comunitária repercute fora da favela, trazendo também inimigos para o grupo, que acaba enfrentando a repressão estatal para a extinção da rádio.

Batismo de Sangue , baseado no livro de frei Beto, retrata o período da ditadura sob a ótica de um grupo de freis dominicanos que se uniram ao grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional (ALN) na luta contra o regime.

O evento, iniciativa da Escola Judicial do TRT da 3ª Região, foi prestigiado pelos desembargadores Paulo Roberto Sifuentes, presidente do tribunal, e Luiz Otávio Linhares Renault, diretor da Escola Judicial. E, ainda, pela juíza Graça Maria Borges de Freitas, coordenadora acadêmica da Escola, magistrados e servidores do TRT, estudantes e interessados em direito, história, política e cinema.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br