Funcionamento da vara do Trabalho de Ribeirão das Neves volta ao normal

publicado 23/03/2009 17:17, modificado 23/03/2009 20:17

Depois de 20 dias de trabalho intenso das diversas diretorias do TRT-MG, o funcionamento da vara do Trabalho de Ribeirão das Neves foi restabelecido. Nesta segunda-feira, o vice-presidente judicial do TRT, desembargador Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello, e o diretor-geral da Casa, Luís Paulo Garcia Faleiro, acompanharam o reinício das atividades e o andamento das obras de reparo dos danos causados pelo incidente do último dia 4 de março, determinadas pelo presidente do Tribunal, desembargador Paulo Roberto Sifuentes Costa.

Funcionamento da vara do Trabalho de Ribeirão das Neves volta ao normal (imagem 1)
Luís Paulo Garcia Faleiro, juíza Cristiana Maria Valadares Fenelon e desembargador Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello (Fotos: Márcia Barroso/ACS)

Segundo a juíza Cristiana Maria Valadares Fenelon, titular da VT de Ribeirão das Neves, a princípio, dos 3.500 processos que ali tramitam, apenas 13 ficaram danificados, devido ao rescaldo do incêndio naquela unidade, esclarecendo que as portarias que determinam a restauração desses autos serão publicadas na próxima semana. A juíza ressalta que não houve prejuízo aos trâmites normais da VT e que as audiências já transcorrem normalmente.

Cristiana Fenelon destacou o apoio recebido do presidente e da administração da instituição, especialmente no sentido de executar, com presteza, as obras de recuperação da área avariada, observando-se aspectos como a melhoria das condições de trabalho, a funcionalidade e a segurança. Além dos serviços de restauro, o imóvel recebeu pintura geral, substituição da caixa d’água, substituição de lâmpadas, reatores e reparos em ferragens, execução de rede de cabeamento estruturado para os computadores, nova rede elétrica, substituição do sistema de iluminação, novo layout interno para melhor aproveitamento dos espaços, reinstalação do balcão e guichê, reparos nas instalações sanitárias internas, recuperação das esquadrias, substituição do estrado da sala de audiências, recuperação da cobertura de impermeabilização e novos arquivos.

A segurança foi redobrada com reforço das ferragens das esquadrias das portas e janelas e das grades de proteção.

Há 13 anos como titular da Vara do Trabalho de Ribeirão das Neves, a juíza Cristiana Maria Valadares Fenelon disse que considera o incidente um ato isolado que está sendo objeto de investigação pela Polícia Federal. (Márcia Barroso)

Funcionamento da vara do Trabalho de Ribeirão das Neves volta ao normal (imagem 2)
Atendimento da Vara do Trabalho de Ribeirão das Neves foi restabelecido hoje

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br