Justiça do Trabalho obtém acordo em dissídio dos rodoviários de Uberlândia

publicado 21/05/2010 14:21, modificado 21/05/2010 17:21

Em audiência realizada nessa quarta, 19 de maio, na 2ª Vara do Trabalho de Uberlândia, foi obtido acordo entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Uberlândia e o Sindicato das Empresas em Transportes de Passageiros do Triângulo Mineiro, colocando fim à greve deflagrada no último dia 17 de maio.

A vice-presidente judicial do TRT-MG, desembargadora Emília Facchini, depois de deferir parcialmente liminar nos dissídios coletivos de greve ajuizados pelo MPT e município de Uberlândia e, tendo em vista a gravidade e urgência da situação, entendeu por bem delegar a um dos juízes do foro de Uberlândia poderes para instrução do feito, o que foi realizado com brilhantismo pelo juiz Marco Aurélio Marsiglia Treviso, cujos esforços, juntamente com o procurador do trabalho Fábio Lopes Fernandes, levaram as partes a aceitarem a proposta intermediária lançada.

Os sindicatos profissional e patronal se comprometeram a assinar a CCT até o próximo dia 24/05/2010 no MTE. (Ruth Vasseur)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br