Presidente do STF é homenageado no TRT mineiro

publicado 23/06/2009 11:27, modificado 23/06/2009 14:27

O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região agraciou, na manhã desta terça-feira, 23 de junho, o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com a comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho desembargador Ari Rocha.

Saudado pelo desembargador Antônio Álvares da Silva, o decano do TRT mineiro, em sua manifestação, Gilmar Mendes agradeceu a homenagem e reconheceu o esforço de transformação da Justiça brasileira, uma leitura crítica dos novos moldes e dos novos modelos e uma tentativa de se realizar uma transformação que de fato leve a Justiça a quebrar paradigmas, a revelar-se mais célere, mais efetiva e mais próxima dos anseios da sociedade. Para o presidente do STF, a Justiça brasileira precisa se modernizar, "diminuir o volume inaudito de processos" e a litigiosidade em respeito ao Direito.

Presidente do STF é homenageado no TRT mineiro (imagem 1)
fotos: Leonardo Andrade

A solenidade presidida pelo desembargador Paulo Roberto Sifuentes Costa, presidente do TRT, foi prestigiada pelos desembargadores, juízes de 1ª Instância, diretores e servidores do TRT mineiro. E ainda pelas autoridades: ministro Carlos Mário da Silva Velloso, ex-presidente do STF; procuradora-chefe substituta, em exercício, Luciana Marques Coutinho, do MPT/MG; desembargador Reinaldo Ximenes Carneiro, vice-presidente do TJMG; desembargador José Antonino Baía Borges, vice-presidente e corregedor do TRE/MG; juiz Carlos Roberto de Carvalho, diretor do Foro da Justiça Federal em Minas Gerais; Ronaldo Maurílio Cheib, procurador-chefe do estado de Minas Gerais; Alberto Guimarães Andrade, advogado-geral adjunto; juiz coronel PM Rúbio Paulino Coelho, presidente do TJM de Minas; juiz Paulo Tarso Tamburini, conselheiro indicado do CNJ; juíza Olívia Figueiredo Pinto Coelho, presidente da Amatra3; desembargador Hebert José Almeida Carneiro, do TJMG; juíza Sônia Diniz Viana, da 6ª Vara Federal de Minas Gerais e João Carlos Gontijo Amorim, presidente da Comissão de Direitos Sociais e Trabalhistas da OAB/MG.

Projeto Regresso

Após a homenagem, o presidente do TRT, desembargador Paulo Roberto Sifuentes Costa, acompanhou o ministro Gilmar Mendes ao Palácio da Liberdade onde o governador de Minas, Aécio Neves, assinou o Termo de Cooperação Técnica entre o Governo do Estado de Minas Gerais e o Instituto Minas pela Paz que cria o Projeto Regresso. (Divina Dias)

Presidente do STF é homenageado no TRT mineiro (imagem 2)
foto: Leonardo Andrade

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br