Promel apresenta proposta de acordo ao Sindieletro no TRT

publicado 26/05/2010 10:09, modificado 26/05/2010 13:09

Em audiência de conciliação e instrução, realizada nesta terça-feira, 25, pela desembargadora instrutora Emília Facchini, a Promel – Produção, Operação e Manutenção Elétrica Ltda apresentou uma proposta de acordo ao Sindieletro/MG – Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores na Indústria Energética de Minas Gerais. O Sindicato submeterá a proposta à assembléia dos trabalhadores, e, na hipótese de as partes chegarem a um consenso na via administrativa, deverão informar à Justiça do Trabalho até o dia 14 de junho de 2010.

Reconhecendo a legitimidade do Sindieletro/MG como representante sindical de seus empregados, a Promel se manifestou no sentido de conceder o reajuste sobre os salários vigentes, piso salarial, alimentação e moradia, seguro de vida em grupo, pelo INPC do período, no percentual de 5,49%, a partir de 1º de maio de 2010; manutenção das demais cláusulas constantes do ACT anterior, firmado com o STICMU - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Uberaba/MG. A Promel solicitou ao Sindicato que encaminhe, novamente, o documento de cobrança referente à contribuição associativa, a partir de 1º de maio de 2010, com a indicação dos nomes dos empregados associados e respectiva autorização dos mesmos.

O Sindieletro/MG concordou com a proposta da empresa e sugeriu que as Cláusulas 20ª e 21ª do referido ACT sejam substituídas pela autorização de desconto salarial à razão de 1% sobre a remuneração dos empregados associados, conforme cópia do ofício Sindieletro-MG/047/2010, cuja juntada aos autos foi determinada.

A audiência foi realizada no 14º andar do edifício sede do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª região, avenida Getúlio Vargas, 225, 14º andar – Belo Horizonte/MG.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br