Trabalhadores rurais são beneficiados com justiça itinerante

publicado 13/09/2010 10:55, modificado 13/09/2010 13:55

Acompanhado por dois servidores, o Juiz Federal do Trabalho Substituto, Alexandre Chibante Martins, do Posto Avançado de Iturama,realizou, no último dia 20, uma audiência pública de conciliação na cidade de Limeira do Oeste, que fica a 60 km da sede daquele Posto Avançado da Justiça do Trabalho, no Triângulo Mineiro. Durante a audiência foram homologados 17 acordos envolvendo trabalhadores rurais e empresas do ramo sucroalcooleiro da região.

Segundo o juiz, foi uma experiência gratificante e extremamente importante para os trabalhadores. A presença do magistrado nas cidades sob sua jurisdição e o exemplo da conciliação e consequente paz social são mais do que importantes fatores para justificar as referidas audiências, na denominada justiça itinerante. "Além de uma experiência gratificante para nós magistrados, é um trabalho muito importante para os trabalhadores, que se mostraram satisfeitos com a audiência na cidade onde moram, já que economizaram custos significativos com transporte e alimentação”, enfatizou o juiz.

Localizada a 750 quilômetros de Belo Horizonte, Iturama tem uma população estimada em 35 mil habitantes e sua economia gira em torno da agropecuária. O Posto Avançado da JT local recebe uma média anual de 1.700 processos trabalhistas. (Márcia Barroso)

Visualizações: