TRT promove mutirão para acelerar processos na 2ª Instância

publicado 22/07/2010 11:07, modificado 22/07/2010 14:07

O Tribunal Regional do Trabalho de Minas promove, no período de agosto a outubro, um mutirão para acelerar o julgamento dos recursos interpostos. A medida reflete a grande preocupação do presidente, desembargador Eduardo Augusto Lobato, com a agilidade da prestação jurisdicional. "Nossa preocupação é atender ao princípio constitucional da celeridade e, hoje, há uma sobrecarga de serviços para os desembargadores e servidores dos gabinetes. Com o mutirão conseguiremos acelerar ainda mais os processos, beneficiando a população e proporcionando aos servidores uma melhor qualidade do ambiente de trabalho e dos serviços prestados".

Para a realização do mutirão foram convocados 10 juízes titulares para atuação em 2ª Instância, divididos nas 10 turmas do tribunal. O mutirão foi aprovado por decisão do Órgão Especial do TRT da 3ª Região(RA 081/2010) e o critério para a convocação é a ordem de antiguidade na carreira.

O mutirão terá início no próximo dia 16 de agosto e prossegue até o dia 10 de outubro, com atuação nos processos que são remetidos da 1ª Instância, em grau de recurso.

O presidente do tribunal, desembargador Eduardo Augusto Lobato, acompanhará os resultados produzidos pelo mutirão, com apoio da Diretoria-Geral, da Secretaria-Geral da Presidência e da Diretoria Judiciária.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br