Corregedor-geral da Justiça do Trabalho chega a Minas para Correição Periódica Ordinária

publicado 27/02/2012 08:18, modificado 27/02/2012 11:18

O ministro Antônio José de Barros Levenhagen, corregedor-geral da Justiça do Trabalho, chegou hoje, dia 27, com sua equipe, ao TRT de Minas, em Belo Horizonte, para realizar a Correição Periódica Ordinária. Ele foi recebido, logo de manhã, pela presidente da Instituição, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, que lhe cedeu o gabinete da Presidência para os trabalhos.

Segundo o ministro, sua perspectiva é a melhor possível, pois a correição é uma fotografia momentânea das condições do tribunal, e o TRT de Minas se revela em dia, segundo dados estatísticos já observados por ele. "Tenho certeza que ela dará ótimos resultados", afirmou ele.

Corregedor-geral da Justiça do Trabalho chega a Minas para Correição Periódica Ordinária (imagem 1)
Ministro Antônio José de Barros Levenhagen e desembargadora Deoclecia Amorelli Dias (Foto: Rachel Ameno)

Essa é a expectativa da presidente Deoclecia, que diz receber a correição com a maior tranquilidade, "sobretudo sentindo que realmente é uma forma de aprimorarmos cada vez mais a prestação jurisdicional". Ela prevê uma semana extremamente produtiva, que somente trará coisas positivas. "E estaremos abertos a todas as observações", acrescentou a dirigente.

Levenhagen, ao ser recebido, falou dos laços afetivos que o prendem ao Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais. "Embora tenha feito carreira pelo estado de São Paulo, eu sou mineiro do Sul de Minas, e tenho a oportunidade de reencontrar os colegas mineiros, com alguns dos quais tenho grande amizade", revelou ele.

O ministro também manifestou sentimento de profunda admiração pelo desembargador Márcio Ribeiro do Valle, chamado por ele de "um exemplar magistrado". E enalteceu os demais desembargadores do Regional: "Eu disse à sua excelência, presidente Deoclecia, que, mais que uma correição, será uma visita ao Tribunal Regional do Trabalho, que eu conheço muito bem pelas decisões dos seus ilustres desembargadores."

A correição vai de hoje a 2 de março. Logo mais, das 14 às 18 horas, o ministro corregedor estará à disposição de juízes, advogados, partes, entidades e interessados, na sede do Tribunal, na Av. Getúlio Vargas, 225, 15º andar, Belo Horizonte.

A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho é o órgão incumbido da fiscalização, disciplina e orientação da administração da Justiça do Trabalho sobre os Tribunais Regionais do Trabalho, seus juízes e serviços judiciários. Compete ao Corregedor da Justiça do Trabalho, de acordo com o art. 709 da CLT, exercer as funções de inspeção e correição permanente dos tribunais e decidir reclamações contra atos que afetem a boa ordem processual. (Walter Sales)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br