Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas - 2011 a 2012 / Singespa discute participação dos juízes no Planejamento Estratégico do TRT

Singespa discute participação dos juízes no Planejamento Estratégico do TRT

publicado 10/08/2011 15:22, modificado 10/08/2011 18:22

Os juízes do Trabalho de Minas participaram na manhã de hoje, dia 10, na Sala Multimeios da Rua Mato Grosso, 468, em Belo Horizonte, da primeira reunião ampliada do Singespa - Sistema Integrado de Gestão Judiciária e de Participação da Primeira Instância na Administração do TRT da 3ª Região, para tratar do desdobramento do Planejamento Estratégico da instituição. Reunidos em grupos, os magistrados fizeram uma revisão conceitual do mapa estratégico do TRT-MG, antes de oferecer suas contribuições ao projeto.

Singespa discute participação dos juízes no Planejamento Estratégico do TRT (imagem 1)

Para o coordenador-geral do Singespa, juiz Antônio Gomes de Vasconcelos (foto/arquivo), que abriu os trabalhos, a posição dos magistrados é legítima, pois não se pode fazer um desdobramento para a 1ª Instância sem antes revisar o institucional, acrescentando que "aqui é um balão de ensaio para que os juízes se familiarizem com os termos técnicos do planejamento estratégico e possam, nos fóruns virtuais e nos encontros regionais, discuti-lo com mais profundidade para apresentar contribuições".

Já o juiz Hudson Teixeira Pinto, da 2ª VT de Governador Valadares, considera que a participação dos juízes é boa e que não se pode "correr" dela, salientando sua preocupação com os meios para atingir as metas estabelecidas, como o necessário aparelhamento tecnológico e pessoal com qualificação adequada. Ele defende que todos conheçam o Planejamento Estratégico e que participem do treinamento previsto para as manhãs dos dias 22 e 23 deste mês, transmitidos por videoconferência e online, para, depois, apresentarem contribuições que envolvam a questão jurisdicional.

A servidora Patrícia Helena dos Reis, assessora do Planejamento Estratégico, explicou que o planejamento foi aprovado pelo Tribunal Pleno em dezembro de 2009, "alinhado à Resolução 70 da CNJ, que determinava a aprovação, por todos os tribunais, dos seus respectivos planejamentos estratégicos até determinada data". Ainda de acordo com Patrícia, o planejamento começou a ser implantado em janeiro de 2010, utilizando-se da metodologia BSC, e, uma vez cumpridos os prazos estabelecidos pelo CNJ, iniciou-se o processo de disseminação entre magistrados e servidores, com o desmembramento para algumas unidades do Tribunal, fase que se encerra agora, com a participação dos juízes de 1ª Instância.

A série de reuniões termina amanhã, às 16h30. Até lá, serão tratados de temas como a participação no fórum virtual, revisão das diretrizes, processo de conhecimento e processo de execução, matérias que serão objeto de discussão, dentre outras, nos encontros regionais dos dias 8 e 9 de setembro.

Participaram também da reunião além dos já citados, os juízes Luiz Antônio Iennaco, Marco Antônio Rodrigues, Tarcício Corrêa de Brito, Érica Aparecida Pires Bessa, Maria Cecília Alves Pinto, André Luiz G. Coimbra, Bruno Alves Rodrigues, Ricardo Marcelo Silva, Valmir Inácio Vieira, Jacqueline Prado Casagrande, Flânio Antônio Campos Vieira e João Lúcio da Silva, Ana Maria Amorim Rebouças, Maria Raquel Ferraz Zagari Valentim e Antônio Neves de Freitas.

No apoio, presentes à reunião os servidores Maricília Marques da Silva Zocrato, Liégia Maciel de Oliveira, Regina Célia Coutinho Nogueira, Gustavo Novais Bondan e Breno Angelim Chaves Correa. Pela empresa Symnetics (Tantum), os consultores Ana Carolina Chaer e Max Yogoro. Assista a reportagem na TVTRT-MG . (Walter Sales)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /