Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas: 2013 a 2014 / Palestra aborda a importância do planejamento estratégico

Palestra aborda a importância do planejamento estratégico

publicado 12/04/2013 15:22, modificado 12/04/2013 18:22
Palestra aborda a importância do planejamento estratégico (imagem 1)
Rachel Ameno

O professor e pesquisador da Embrapa, Paulo Sérgio Vilches Fresneda, ministrou na tarde desta sexta-feira, 12, palestra para magistrados, administradores e servidores do TRT-MG. O evento está inserido num conjunto de ações do tribunal voltadas para o alcance de uma gestão estratégica participativa.

Com a experiência de quem passou pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura e hoje assessora a Presidência da Embrapa, Fresneda, também doutor em Gestão da Informação pela George Washington University, falou da gestão estratégica como uma necessidade para que as organizações passem a se adaptar às demandas do mundo atual. Para o professor da Embrapa, o avanço da Internet trouxe mudanças rápidas nos paradigmas da sociedade a partir da década de 90.

O palestrante também falou da realidade no ministério onde trabalhou, que passou a ter um crescimento de demanda na fiscalização de produtos, com o aumento da produção e das exportações do Brasil. Segundo ele, esse é um exemplo do chamado "senso de urgência", onde a realidade cobra novas estratégias de ação.

No que tange à Justiça do Trabalho, a nova realidade social se verifica ao constatar que o crescimento econômico, e o conseqüente aumento na força de trabalho empregada pelo país, vêm implicando também num aumento do número de processos. "Não adianta colocar mais gente, se a estratégia está falida", afirmou Fresneda. Por isso, ele defendeu uma visão de futuro e uma estratégia que consistem em "levar uma organização do lugar onde se encontra hoje para um lugar onde ela nunca foi". Essa estratégia é traçada a partir um conjunto integrado de escolhas que rompem paradigmas e que exigem coragem. Nesse contexto, para poder alcançar os objetivos traçados, o primeiro e mais difícil desafio é mudar as pessoas, um papel que cabe às lideranças.

Como membro da Comissão de Planejamento Estratégico do TRT, o desembargador Paulo Sifuentes deu inicio à atividade falando das mudanças "iminentes e rápidas" do mundo, que exigem uma adaptação de "cenário" e uma visão mais atualizada de futuro. O desembargador afirmou que essa é uma preocupação que hoje faz parte do dia a dia do tribunal. A assessora de planejamento estratégico, Patrícia Reis, aproveitou para apresentar o novo site da comissão, que está no ar desde ontem. Ali, podem ser consultadas informações como: qual a função do planejamento? Quais as etapas? Além disso, o site também conta com pequenos vídeos e entrevistas sobre o assunto.

Também prestigiaram o evento a presidente da Amatra3, Jacqueline Prado Casagrande, o secretário-geral da presidência, Eliel Negromonte Filho, o diretor-geral, Guilherme Augusto de Araújo, a diretora judiciária, Sandra Pimentel Mendes, o coordenador administrativo, Carlos Athayde Valadares Viégas, magistrados, diretores, assessores e servidores da casa. (David Landau)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /