TRT-MG empossa duas desembargadoras

publicado 04/12/2013 19:02, modificado 04/12/2013 21:02

Prometendo exercer o cargo com dignidade, cumprindo fielmente os deveres e atribuições, respeitando a Constituição, as leis da República e o Regimento Interno, tomaram posse hoje no cargo de desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, as juízas Cristiana Maria Valadares Fenelon e Taísa Maria Macena de Lima.

Ao empossá-las, em cumprimento ao Artigo 10 do Regimento Interno, a desembargadora-presidente do TRT, Deoclecia Amorelli Dias, além de dar-lhes boas vindas à 2ª Instância desejou-lhes que aqui sejam muito felizes . Ao saudá-las, o que fez representando a desembargadora Mônica Sette Lopes, a quem caberia fazê-lo pela afinidade que a une às empossadas - é professora como Dra Taísa e colega de concurso da Dra Cristiana - mas que se encontra ausente do país, a desembargadora Deoclecia leu texto enviado pela Dra Mônica, ao qual acrescentou algumas anotações pessoais. Da desembargadora Mônica, ouviram que o que as levou à nova e merecida condição foram as próprias qualidades enumeradas no texto lido e da presidente, um agradecimento ao nordeste, berço das novas desembargadoras.

Em suas emocionadas manifestações, as recém-empossadas agradeceram a promoção primeiro a Deus, às famílias, aos amigos e aos servidores com os quais trabalharam no decorrer da carreira. Ambas lembraram, ainda, a professora Alice Monteiro de Barros, desembargadora aposentada, de quem Taísa Macena ocupa a vaga.

TRT-MG empossa duas desembargadoras (imagem 1)
O desembargador Antônio Álvares da Silva foi lembrado por Cristiana Fenelon, professor e modelo de magistrado

Natural de Natal (RN), Cristiana Maria Valadares Fenelon é formada em Direito pela UFMG. Ingressou na magistratura trabalhista por concurso público em 1989. Em 1991, foi promovida pelo critério de antiguidade a juiz do trabalho presidente de Junta de Conciliação e Julgamento tendo atuado em Muriaé, Diamantina, Curvelo e finalmente em Ribeirão das Neves, onde permaneceu por 18 anos.

Já Taísa Maria Macena de Lima é natural de Maceió (AL) onde formou-se em Direito pela Universidade Federal de Alagoas. Posteriormente na UFMG, concluiu doutorado e mestrado em Direito Civil. É professora dos cursos de graduação, mestrado e doutorado da PUC-MG. Na magistratura, ingressou por concurso público em 1990. Promovida pelo critério de merecimento a juiz do trabalho presidente de Junta de Conciliação e Julgamento em 1993, foi titular da 2ª JCJ de Montes Claros, da 1ª de João Monlevade, da 2ª de Sete Lagoas, da 3ª de Betim e da 3ª e 20ª de BH.

TRT-MG empossa duas desembargadoras (imagem 2)
Taísa Macena reafirmou a responsabilidade jurídica e social exigida pelo cargo

Prestigiaram a posse, magistrados e servidores da casa, o ministro do TST aposentado, Manoel Mendes de Freitas, a procuradora Márcia Campos Duarte, do Ministério Público do Trabalho, o juiz Cristiano Daniel Muzzi, representando a Amatra3, o conselheiro da OAB, João Carlos Gontijo de Amorim, representando a instituição, professores da PUC, alunos e familiares das empossadas. (Divina Dias e Ruth Vasseur/fotos: Leonardo Andrade/Madson Morais)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br