Corregedor acompanha homologação de acordo na 1ª Vara do Trabalho de Divinópolis

publicado 02/12/2008 16:41, modificado 02/12/2008 18:41
Vice-presidente administrativo do TRT participa de audiência de conciliação em Sete Lagoas (imagem 1)

Realizou-se, nesta terça-feira, 2 de dezembro, na 1ª Vara do Trabalho de Divinópolis, audiência especial em comemoração à IV Semana da Conciliação do TRT-MG, na qual foi homologado acordo em reclamação trabalhista do rito sumaríssimo.

Presidida pelo titular da 1ª Vara do Trabalho, juiz Helder Vasconcelos Guimarães, a audiência foi acompanhada pelo desembargador Eduardo Augusto Lobato, corregedor do TRT da 3ª Região, pelo juiz Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto, titular da 39ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte e membro da Comissão de Conciliação, e pelo advogado Aléssio Francisco de Souza Salomé (Subseção de Cláudio da OAB/MG).

Corregedor acompanha homologação de acordo na 1ª Vara do Trabalho de Divinópolis (imagem 2)
Partes beneficiadas pelo acordo assinam ata

Em seu pronunciamento, o desembargador Eduardo Augusto Lobato lembrou que o objetivo do movimento nacional pela conciliação é disseminar, em todo o país, a cultura da paz e do diálogo, desestimular condutas que tendam a gerar conflitos e proporcionar às partes uma experiência exitosa de entendimento. “A conciliação dá destaque à atitude das partes envolvidas em controvérsias, já que o poder de decisão deixa de ser do juiz e passa para os atores do conflito, por meio de uma intermediação autorizada e reconhecida pelo estado”, enfatizou.

Corregedor acompanha homologação de acordo na 1ª Vara do Trabalho de Divinópolis (imagem 3)
Desembargador Eduardo Augusto Lobato e juiz Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto

O corregedor citou os inúmeros benefícios advindos com a prática do acordo, entre os quais, a redução do número de litígios e do tempo para a análise dos processos, bem como a entrega ao cidadão de resposta mais rápida e definitiva para a controvérsia que o levou a procurar a Justiça.

Já o juiz Helder Vasconcelos Guimarães ressaltou que a busca do acordo é de suma importância e que, ainda que o juiz conclame as partes à conciliação, são as partes que encontram o melhor caminho até o acordo, até a solução do conflito. “Esta semana é simbólica, pois para a Justiça do Trabalho ela existe o ano inteiro”, concluiu.

Corregedor acompanha homologação de acordo na 1ª Vara do Trabalho de Divinópolis (imagem 4)
Juiz Helder Vasconcelos Guimarães (fotos: Laís Faria/VT de Divinópolis)

A programação da IV Semana da Conciliação prossegue amanhã com a realização de audiências especiais nas varas do Trabalho de Sete Lagoas e do Núcleo de Conciliação de 2ª Instância, em Belo Horizonte.

Visualizações: