Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas - 2009 a 2010 / Desembargador Eduardo Lobato abre Semana da Conciliação em Divinópolis

Desembargador Eduardo Lobato abre Semana da Conciliação em Divinópolis

publicado 07/12/2009 16:01, modificado 07/12/2009 18:01
Varas de João Monlevade realizam acordo na V Semana da Conciliação (imagem 1)

O corregedor do TRT-MG e presidente da Comissão Permanente do Movimento pela Conciliação, desembargador Eduardo Augusto Lobato, realizou, nesta segunda-feira, 7 de dezembro, a abertura da Semana da Conciliação em Divinópolis, cidade com 210 mil habitantes a 110 km da capital mineira.

Para a juíza Sueli Teixeira, titular da 1ª Vara/Divinópolis, o Foro Trabalhista da cidade movimenta uma média de 3.600 processos por ano nas duas Varas, que atendem 11 municípios jurisdicionados. A juíza considera satisfatório o índice de acordos homologados, ressaltando o crescimento do número de processos nas duas Varas. “No ano passado foram recebidos 2.858 processos com 1.507 acordos e este ano foram distribuídos 3.600 processos com 1.713 acordos homologados". Em 2008, na Semana da Conciliação, foram feitos 30 acordos nas duas Varas, informou a juíza que está com 65 processos programados para esta semana.

Desembargador Eduardo Lobato abre Semana da Conciliação em Divinópolis (imagem 2)
O corregedor do TRT-MG e presidente da Comissão Permanente do Movimento pela Conciliação, desembargador Eduardo Augusto Lobato; a juíza Sueli Teixeira, titular da 1ª Vara/Divinópolis, e a juíza Simone Miranda Parreiras, titular da 2ª Vara/Divinópolis na cerimônia de abertura da Semana da Conciliação (foto: Márcia Barroso)

Durante a cerimônia de abertura da Semana de Conciliação em Divinópolis, o desembargador Eduardo Lobato destacou a importância da conciliação no âmbito da Justiça do Trabalho. “Tenho certeza que os números deste ano serão bem melhores que os do ano passado, uma vez que temos conseguido nessas cinco semanas incutir nos demandados o espírito conciliatório e a sensação de que conciliar é muito melhor do que demandar”. (Márcia Barroso)

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /