Informática realiza curso de Planejamento Estratégico em Tecnologia da Informação e Comunicação

publicado 28/05/2010 10:35, modificado 28/05/2010 13:35

“É impossível imaginar hoje qualquer instituição ou empresa sem Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, que deixou de ser suporte, ferramenta, para se transformar em parte integrante do negócio”. Esta é a visão do professor Paulo Torquato, engenheiro e mestre em Estratégia e Tecnologia, da Fundação Getúlio Vargas, entidade que ministrou curso de Planejamento Estratégico em TIC para 15 servidores da Diretoria de Informática e dois da Diretoria-Geral. A primeira etapa do curso foi realizada nos dias 10, 11 e 12 de maio e a segunda nos dias 24, 25 e 26.

O curso foi ministrado em função das determinações das resoluções 70 e 90 do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, que estabelece a implantação do Planejamento Estratégico no Judiciário, e prevê, ainda, o Planejamento Estratégico em TIC, de acordo com a resolução 99. Para o diretor de Informática do TRT, Roberto Rodrigues da Costa, “o planejamento estratégico da área de TIC representa uma sólida diretriz para a concretização de uma série de soluções efetivas e inovadoras, propondo objetivos alinhados à estratégia do TRT da 3ª Região e dos órgãos superiores, num momento de mudança de paradigma quanto ao papel da área de TIC na Instituição”.

De acordo com o professor Torquato, o Judiciário como um todo busca melhorias na sua gestão para atender melhor a sociedade, e o TRT procura sair na frente e cumprir as resoluções do CNJ, do Conselho Superior da Justiça do Trabalho - CSJT, e do Tribunal de Contas da União – TCU, que prevêem o planejamento das estratégias de TIC alinhadas com o planejamento estratégico dos Tribunais. Ele considera que, “uma instituição, para alcançar melhores resultados no cumprimento da sua missão, tem que trabalhar pessoas, processos e recursos tecnológicos. O curso também tem este objetivo: envolver os servidores da área na construção coletiva das estratégicas para que o planejamento seja efetivamente executado”.

O método de estudo utilizado no curso é o BSC – Balanced Score Card – que, de acordo com o professor, ajuda a materializar o planejamento e sua execução e facilita a comunicação com os alunos, pois trabalha em níveis de perspectivas. Após a elaboração do planejamento estratégico em TIC, a Diretoria de Informática irá apresentar a proposta elaborada para a Administração do Tribunal.

Informática realiza curso de Planejamento Estratégico em Tecnologia da Informação e Comunicação (imagem 1)
Professor Torquato (à esquerda) e os servidores da Informática e Diretoria-Geral que participaram do curso de TIC

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br